Sandro Avelar é anunciado como secretário de Segurança Pública

Fábrica Social forma 170 alunos, e nova turma fará material para hospitais
24 de janeiro de 2023
Veja quem são os presos da operação que investiga contratação irregular de empresa por OS da saúde
26 de janeiro de 2023
Exibir tudo

Sandro Avelar é anunciado como secretário de Segurança Pública

Em entrevista coletiva, a governadora em exercício Celina Leão confirmou o nome do novo gestor, que já foi secretário no DF entre 2011 e 2014

 

Rafael Secunho, da Agência Brasília | Edição: Saulo Moreno

 

A governadora em exercício Celina Leão anunciou, nesta quarta-feira (25), o delegado da Polícia Federal Sandro Avelar como novo secretário de Segurança Pública do DF. O nome de Avelar foi confirmado em coletiva, no Palácio do Buriti, e o novo secretário já participará da definição do plano de segurança traçado para o dia 1º de fevereiro – data da posse dos deputados federais e senadores, além do retorno das atividades do Judiciário.

O nome de Sandro Avelar foi anunciado pela governadora em exercício Celina Leão. Participaram da coletiva o interventor federal na segurança do DF, Ricardo Cappelli, e o chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha | Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Avelar assume o posto no lugar de Anderson Torres, exonerado em 8 de janeiro deste ano, após os atos antidemocráticos e invasões às sedes dos Três Poderes, em Brasília. Desde então, foi decretado pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, intervenção federal na segurança pública local, medida que dura até o próximo dia 31 de janeiro.

O secretário participou da entrevista ao lado de Celina Leão, do interventor federal na segurança do DF, Ricardo Cappelli, e do chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha. “Recebo o convite com muita honra e também como uma missão. Vou procurar contribuir com conhecimento que tenho da área, dentro do plano do Distrito Federal e do governo federal”, pontuou Avelar.

Foto: Renato Alves / Agência Brasília

A governadora em exercício observou que, desde o primeiro dia após os episódios de vandalismo, o GDF vem atuando com espírito de colaboração com o Governo Federal e o nome do novo gestor foi discutido em conjunto com o Planalto. “Foi um nome escolhido de forma tranquila e consensuada. Neste momento tão difícil da nossa democracia, precisávamos de um nome com alguns pré-requisitos e o Sandro [Avelar] é o nome indicado pelo governo”, diz. “Queremos trazer estabilidade para a nossa segurança pública”, emendou.

Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Segundo Cappelli, a antecipação do anúncio do nome do secretário antes do fim do período da intervenção foi prontamente aceito pelo Executivo nacional. “Creio que já podemos iniciar o processo de transição da segurança pública com absoluta harmonia e cooperação porque o nosso desafio é restabelecer o equilíbrio e normalização nas forças de segurança aqui da capital”, destacou.

Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Conforme lembrou Sandro Avelar, a confiança no trabalho das polícias e demais órgãos de segurança do DF é grande neste início de trabalho. “Temos um ‘material humano’ espetacular. Chego aqui com a tranquilidade de que a equipe que lá está é muito boa. Estarei junto com o secretário Cappelli para a elaboração deste planejamento para o dia 1º de fevereiro”, diz.

Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Experiência na área

Sandro Avelar volta à cadeira de secretário de Segurança Pública do DF, após ter comandado a pasta entre 2011 e 2014.

Ele é delegado da Polícia Federal desde 1999. Na corporação, liderou o combate ao crime organizado na Superintendência local. Em 2021, durante o governo Bolsonaro, foi nomeado diretor executivo da PF – o número 2 da corporação.

Avelar também foi presidente da Comissão Nacional de Segurança Pública dos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Conportos), do Ministério da Justiça.

Foto: Renato Alves / Agência Brasília