Na AgroBrasília, Ibaneis Rocha comenta atual situação da saúde no DF

Chacina em festa infantil deixa duas crianças mortas e pai em Ribeirão das Neves- MG
24 de maio de 2024
‘Dirija como uma mulher’: deputado Robério Negreiros propõe campanha contra assédio e preconceito de gênero no trânsito do DF
25 de maio de 2024
Exibir tudo

Na AgroBrasília, Ibaneis Rocha comenta atual situação da saúde no DF

Na AgroBrasília, Ibaneis Rocha comenta atual situação da saúde no DF

 

Letícia Guedes + Naum Giló +

postado em 24/05/2024 12:23

 

Durante coletiva de imprensa realizada na feira de agronegócios, nesta sexta-feira (24/5), o governador Ibaneis Rocha afirmou que o GDF tem investido na melhoria do atendimento à população. “Contratamos 7 mil profissionais”, afirmou

 

Na manhã desta sexta-feira (24/5), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), visitou a AgroBrasília. Na ocasião, em que realizou cerimônia de assinatura de acordos e passeou pelos estandes do evento, aproveitou para falar sobre o cenário atual da saúde no Distrito Federal.

 

“Nos últimos dias, tivemos muitas notícias na área da saúde no Distrito Federal. Ontem (quinta-feira), a nossa secretária de saúde, a Lucilene Florencio, juntamente com o presidente do IGES-DF (Juracy Cavalcante Lacerda) e o secretário da Casa Civil (Gustavo do Vale Rocha), deram uma entrevista coletiva, revelando de forma bastante clara o investimento que a gente vem fazendo na área da saúde no Distrito Federal, e tiveram a oportunidade também de se solidarizar com as famílias que tiveram seus filhos perdidos”, comentou.

 

Ibaneis declarou, ainda, que o governo espera melhorar cada vez mais a saúde no Distrito Federal. “Contratamos mais de 7 mil profissionais ao longo desses últimos anos e a gente vai continuar fazendo esse esforço para melhorar a saúde da nossa cidade”, finalizou.

 

Ibaneis Rocha em visita à AgroBrasília - (crédito: Leticia Guedes/ CB/ DAPress)

Ibaneis Rocha em visita à AgroBrasília – (crédito: Leticia Guedes/ CB/ DAPress)

 

Investimentos

 

Secretaria de Saúde fez investimento de R$ 18 milhões na compra de 60 ambulâncias para a rede pública do Distrito Federal. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa convocada pelo Governo do Distrito Federal (GDF), nessa quinta-feira (23/5), para falar sobre as ações que estão sendo feitas na área de saúde. O próprio governador Ibaneis Rocha destacou, em 27 de abril, que a situação na rede está complicada e que planeja construir até 2026 cinco hospitais e 17 Unidades Básicas de Saúde. Estiveram presentes na entrevista representantes do Executivo local e do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF).

 

De acordo com a secretária de Saúde do DF, Lucilene Florêncio, de 2022 até hoje, a capital teve aumento de 103 leitos de UTI, totalizando 117 leitos pediátricos, 98 de UTI neonatal e 293 adultos, entre contratados e leitos próprios. Das 60 novas ambulâncias, 15 serão destinadas ao Samu (que resgata vítimas de acidentes com equipamentos de socorro) e 45 são do tipo branca (para transporte de pacientes). Segundo a secretária, até agosto, todas devem ser entregues para a rede pública.   

 

Entre as medidas anunciadas, também está a ampliação da carga horária de pediatras da rede pública. Atualmente, o DF tem deficit de 158 pediatras, principalmente nos hospitais de Ceilândia, Planaltina, Sobradinho e Taguatinga. Lucilene ressaltou que apenas três dos 34 municípios do Entorno fazem partos e que o DF faz todos os partos de Águas Lindas de Goiás, por exemplo.

 

www.correiobraziliense.com.br