Celina Leão e distritais discutem pautas prioritárias para o DF

Condomínio RK, em Sobradinho, ganha iluminação pública LED
4 de fevereiro de 2023
Veja quem são policiais militares presos pela PF suspeitos de colaboração ou omissão nos atos golpistas
8 de fevereiro de 2023
Exibir tudo

Celina Leão e distritais discutem pautas prioritárias para o DF

Celina Leão e distritais discutem pautas prioritárias para o DF

 

Encontro na Residência Oficial de Águas Claras tratou da ocupação do Centrad e de melhorias na saúde, segurança e educação

 

Ian Ferraz, da Agência Brasília | Edição: Claudio Fernandes

 

A governadora em exercício Celina Leão recebeu 22 dos 24 deputados e deputadas distritais para um almoço na Residência Oficial de Águas Claras (Roac) nesta sexta-feira (3). O encontro serviu para a chefe do Executivo detalhar as principais ações em andamento e tratar de projetos prioritários para o ano, inclusive o de aumentar o número de cirurgias na rede pública.

Cada parlamentar recebeu uma cópia do relatório da intervenção federal na segurança no DF, bem como as principais ações do governo em 2022 e dezenas de proposições do Executivo em andamento na Câmara Legislativa. Uma forma de ambientar e integrar os novos deputados ao que o GDF tem feito pela população.

Na reunião, também foi comentada a ocupação do Centro Administrativo (Centrad), em Taguatinga. A governadora em exercício explicou que serão investidos R$ 180 milhões na área externa do complexo, com a construção de três viadutos, uma pista de três quilômetros e a mudança no acesso viário ao local.

 

No encontro, a governadora em exercício detalhou as principais ações em andamento e tratou de projetos prioritários para o ano | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

 

“Tomamos a decisão da ocupação imediata do Centrad porque pagamos um aluguel pelo espaço. Pedimos que o Banco de Brasília e a Secretaria de Justiça e Cidadania ocupem o Centrad, que é uma área simbólica. Nesse momento, vamos entrar com as obras viárias na parte externa”, explicou Celina Leão.

A governadora em exercício também comentou o trabalho do governo para alterar a administração do IgesDF, permitindo que o instituto reforme e cuide, por conta própria, dos equipamentos públicos sob sua responsabilidade.

 

Foto: Renato Alves/Agência Brasília

 

Ainda no âmbito da saúde, a titular da pasta, Lucilene Florêncio, falou sobre as 3.233 cirurgias complementares feitas em parceria com hospitais privados. Os 22 deputados presentes se comprometeram a colaborar com R$ 1 milhão em emendas parlamentares, cada um, para ampliar o número dos procedimentos, totalizando R$ 22 milhões.

Secretários e gestores de áreas estratégicas do governo estiveram na Roac para responder às demandas e esclarecer dúvidas dos parlamentares, entre eles o da Casa Civil, Gustavo Rocha; de Governo, José Humberto Pires de Araújo; de Obras, Luciano Carvalho; de Educação, Hélvia Paranaguá; de Saúde, Lucilene Florêncio; de Planejamento, Orçamento e Administração, Ney Ferraz; de Segurança Pública, Sandro Avelar, e de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, além da presidente do IgesDF, Mariela Souza, e o presidente da Novacap, Fernando Leite.

 

Educação e segurança em pauta

 

Na educação, serão mais 12 mil novos alunos que não estavam previstos na rede pública, mas que serão recebidos. A pasta disse ter 21 obras em andamento, nove das quais são creches. Sobre o Cartão Material Escolar, o pagamento está previsto para ser feito até o dia 7 deste mês, enquanto os uniformes serão distribuídos a todos os alunos da rede.

 

Foto: Renato Alves/Agência Brasília

 

Já o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, manifestou-se contrário à criação da Guarda Nacional e reforçou a necessidade da ampliação do efetivo das forças de segurança. Também lembrou que o efetivo do batalhão responsável pela segurança da área central na Esplanada dos Ministérios será dobrado e chamado de Batalhão dos Poderes da República, e que parte das obras serão entregues em cerca de um mês. Há, no entanto, um terreno onde será construído um novo batalhão, no Plano Piloto, próximo à Esplanada, com a infraestrutura necessária para os militares.

 

Foto: Renato Alves/Agência Brasília

 

Deputados distritais presentes:

→Fábio Felix (PSOL)
→Chico Vigilante (PT)
→Max Maciel (PSOL)
→Martins Machado (Republicanos)
→Robério Negreiros (PSD)
→Jorge Vianna (PSD)
→Thiago Manzoni (PL)
→Eduardo Pedrosa (União Brasil)
→Joaquim Roriz Neto (PL)
→Iolando (MDB)
→Pastor Daniel de Castro (PP)
→Hermeto (MDB)
→Roosevelt Vilela (PL)
→Doutora Jane (Agir)
→Rogério Morro da Cruz (PMN)
→Gabriel Magno (PT)
→João Cardoso (Avante)
→Paula Belmonte (Cidadania)
→Ricardo Vale (PT)
→Wellington Luiz (MDB)
→Pepa (PP)
→Dayse Amarilio (PSB).

 

Foto: Renato Alves/Agência Brasília