Condomínio RK, em Sobradinho, ganha iluminação pública LED

Transporte coletivo no Itapoã Parque dobra a capacidade de atendimento
4 de fevereiro de 2023
Celina Leão e distritais discutem pautas prioritárias para o DF
4 de fevereiro de 2023
Exibir tudo

Condomínio RK, em Sobradinho, ganha iluminação pública LED

Condomínio RK, em Sobradinho, ganha iluminação pública LED

 

Investimento foi de cerca de R$ 133 mil, recursos provenientes da Contribuição de Iluminação Pública (CIP)

 

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

 

A iluminação pública do Condomínio RK, em Sobradinho, passa a ser do modelo LED. Equipes da CEB Ipes substituíram 123 luminárias convencionais por LED, com o objetivo de melhorar a visibilidade da DF-440 e o acesso ao condomínio RK. O investimento foi de cerca de R$ 133 mil, recursos provenientes da Contribuição de Iluminação Pública (CIP).

 

Foram substituídas 123 luminárias convencionais por LED no Condomínio RK, em Sobradinho | Foto: Divulgação/CEB Ipes

 

O Condomínio RK foi criado em 1992. Atualmente cerca de dez mil pessoas vivem na região, que possui áreas residenciais e comerciais. A psicóloga Ilka Fujino, moradora do local, comentou a diferença na iluminação da via após a obra.

“Costumamos voltar do trabalho bem tarde. Uma iluminação mais potente é uma segurança a mais, pois conseguimos ver os veículos e pedestres na via a uma distância bem maior”, celebra.

“A iluminação pública de qualidade é essencial à vida da população e atua como instrumento de cidadania ao permitir que as pessoas se sintam mais seguras no direito de ir e vir. Temos certeza que os moradores da região vão sentir uma grande melhoria na iluminação pública”, declarou o presidente da CEB Ipes, Edison Garcia.

A iluminação LED possui uma série de benefícios, como maior durabilidade, economia de gasto de energia elétrica, baixo custo de manutenção, além de evitar reposições, descartes e prejuízos. A companhia trabalha para que nos próximos anos o Distrito Federal esteja com 100% da iluminação pública com lâmpadas LED.

*Com informações da CEB Ipes