Saiba quem é o CAC suspeito de matar morador de rua a tiros na Asa Sul

Ministério da Saúde resgata indígenas Yanomami com desnutrição grave e malária
20 de janeiro de 2023
Produção de doces e geleias ajuda no aumento da renda em Sobradinho 
21 de janeiro de 2023
Exibir tudo

Saiba quem é o CAC suspeito de matar morador de rua a tiros na Asa Sul

Kessy Jhones Braga de Oliveira, 28, é o principal suspeito de matar morador de rua na manhã desta sexta-feira (20), na comercial da 402 Sul

 

Jonatas Martins

Carlos Carone

Mirelle Pinheiro

Nathália Cardim

 

20/01/2023 15:26, atualizado 20/01/2023 17:46

 

Kessy Jhones Braga de Oliveira, 28, é o principal suspeito de matar um morador de rua na manhã desta sexta-feira (20/1), na comercial da 402 Sul. O homem teria baleado Lucas Vieira Sousa da Silva, 26 anos, conhecido pelo nome falso Luciano, por seis vezes. O crime teria sido motivado porque a vítima disse à polícia que um traficante, amigo de Kessy, havia lhe vendido crack.

 

Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Kessy Jhones atuava como vigilante de um bar da quadra e tinha certificado de colecionador, atirador desportivo e caçador (CAC). Além disso, o homem era parceiro de um traficante de crack que havia sido preso no mesmo local, na noite anterior.

O homem é morador da Vila Planalto, em Brasília. Poucas horas após o assassinato, a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) prendeu o Kessy Jhones em casa . Ele estava com a arma usada no crime — uma pistola 9mm, com três carregadores e 16 balas.

 

O nome completo do suspeito consta como dono de um comércio varejista na Vila Planalto. A empresa foi criada em outubro de 2021. O homem também aparece como beneficiário de auxílio emergencial no Portal da Transparência. Não foram encontrados registros de passagens criminais do suspeito.

Foto de um homem moreno com blusa preta

Divulgação/ PCDF

 

O crime

 

O crime, que resultou na morte de Lucas, ocorreu em frente a um restaurante. Médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) informaram que ele veio à óbito no local e tinha ao menos seis marcas de tiro no corpo.

A polícia verificou ainda que o rapaz vivia em situação de rua e havia saído recentemente da prisão. Lucas estava detido por suspeita de latrocínio — roubo seguido de morte —, mas foi absolvido e liberado da penitenciária há cerca de três meses.

 

Por volta das 7h30, a PCDF começou os trabalhos de perícia no local. Os investigadores verificaram em imagens de câmeras de segurança dos estabelecimentos o momento em que o autor dispara várias vezes contra a vítima.

Polícia Civil do DF prende CAC suspeito de matar jovem em situação de rua na Asa Sul. Na imagem, colete, estojo, arma, cartuchos e um porrete apreendidos com o homem na mesa da 1ºDP - Metrópoles

Polícia Civil do DF prende CAC suspeito de matar jovem em situação de rua na Asa Sul. Na imagem, colete, estojo, arma, cartuchos e um porrete apreendidos com o homem na mesa da 1ºDP - Metrópoles

Divulgação/ PCDF

 

Fonte: www.metropoles.com