R$ 3,3 bilhões: governo Lula tem maior gasto com diárias e passagens desde 2014

#TBT: ícone arquitetônico, Museu Nacional expõe riqueza cultural do país
16 de fevereiro de 2024
Com ação do Governo de MS, usina de etanol vai gerar 2 mil empregos e investir R$ 2 bi em Sidrolândia
17 de fevereiro de 2024
Exibir tudo

R$ 3,3 bilhões: governo Lula tem maior gasto com diárias e passagens desde 2014

R$ 3,3 bilhões: governo Lula tem maior gasto com diárias e passagens desde 2014

 

Por Roberta Ribeiro

17/02/2024 14:32

 

 

Em 2023, a União gastou R$ 3,3 bilhões com diárias e passagens aéreas. O valor é o maior registrado desde 2014 (corrigido pela inflação) e representa um aumento de 29,2% na comparação com 2022, quando foram utilizados R$ 2,6 bilhões para essa finalidade.

 

Os anos de 2020 e 2021 apresentaram mínimas históricas com este tipo de despesa, já que as medidas para contenção da pandemia de covid-19 restringiram as locomoções. Ao todo, o governo utilizou R$ 1,2 bilhão em 2020 e R$ 1,3 bilhão em 2021. Em 2019, os gastos se equipararam aos de 2022, ou seja, chegaram a R$ 2,6 bilhões.

 

 

E-BOOK

 

Baixe e-book proibido pelos comunistas

Coração de Cachorro é um curto romance satírico que se passa nos primeiros anos do regime soviético. Baixe de graça o clássico de Obra de Mikhail Bulgakov. Boa leitura!

 

EU QUERO!

 

A máxima histórica é do governo Dilma Rousseff, que gastou R$ 4,1 bilhões com passagens e diárias em 2014, e R$ 4 bilhões em 2013. Esse tipo de despesa é registrado desde 2011, quando, também no governo Dilma, foram gastos R$ 3,7 bilhões.

 

Do total gasto em 2023, R$ 1,9 bilhão foi utilizado para pagamento de diárias. Na comparação com 2022, quando essas despesas totalizaram R$ 1,4 bilhão, o aumento foi de 36,8%. Já as passagens e locomoção tiveram incremento de R$ 1,2 bilhão para R$ 1,4 bilhão, um crescimento de 16,6%. O levantamento das informações foi feito pelo site Poder360.

 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a primeira dama, Janja da Silva, durante viagem ao Egito e à África

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a primeira dama, Janja da Silva, durante viagem ao Egito e à África| Foto: Ricardo Stuckert / PR

 

VEJA TAMBÉM:

 

Governo fechou 2023 com rombo de R$ 230,5 bilhões, o segundo maior da história

Estatais voltam ao vermelho no primeiro ano de Lula e têm pior déficit desde 2017

Viagens de familiares de Lula custaram R$ 4,2 milhões ao contribuinte

 

www.gazetadopovo.com.br