Com ação do Governo de MS, usina de etanol vai gerar 2 mil empregos e investir R$ 2 bi em Sidrolândia

R$ 3,3 bilhões: governo Lula tem maior gasto com diárias e passagens desde 2014
17 de fevereiro de 2024
Brasília será sede da 72ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros
20 de fevereiro de 2024
Exibir tudo

Com ação do Governo de MS, usina de etanol vai gerar 2 mil empregos e investir R$ 2 bi em Sidrolândia

Com ação do Governo de MS, usina de etanol vai gerar 2 mil empregos e investir R$ 2 bi em Sidrolândia

 

Desenvolvimento nrodrigues 09/fevereiro/2024 2:08 pm

 

Agência de Noticias do Governo de Mato Grosso do Sul

 

Desenvolvimento e geração de empregos. Com este lema o governador Eduardo Riedel entregou nesta sexta-feira (9) a licença para instalação da fábrica de etanol da Inpasa em Sidrolândia. O negócio que definiu a abertura de mais uma unidade da empresa em Mato Grosso do Sul foi concretizado durante a realização do MS Day, em São Paulo, no mês de agosto de 2023.

 

Investimento chegará a R$ 2,2 bilhões, gerando mais de 2 mil empregos na região. A solenidade de entrega da licença ocorreu na BR-060, aonde a usina está sendo construída. A empresa aproveitou o evento para lançar a segunda fase da obra. A unidade tem entre seus diferenciais o processamento de sorgo como matéria-prima na produção de biocombustíveis, DDGS e derivados.

 

Fotos: Bruno Rezende

 

“Investimento como este deve ser acolhido e abraçado pela comunidade e isto ocorreu em Sidrolândia. Para receber estes grandes empreendimentos o Estado deve fazer sua parte, com estrutura e as devidas condições para os empresários investirem”, afirmou o governador.

 

Riedel ponderou também que é preciso celebrar este momento, pois traz benefícios diretos a população. “São mais investimentos e empregos para toda região. O nosso foco é construir este Estado próspero, sustentável e inclusivo, que gere renda e oportunidades às pessoas”.

 

Fotos: Bruno Rezende

 

A nova indústria da Inpasa no Estado foi concretizada em função da política econômica do Governo, que troca impostos por empregos. A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, participou do evento e destacou a importância de empreendimentos que trazem novas oportunidades para cidade.

 

“Emprego, renda e dignidade para as famílias, trazendo crescimento para cidade, hoje é um dia para se comemorar. Agradecer aos empresários por acreditar nesta terra”, destacou a ministra.

 

A senadora Tereza Cristina também esteve no evento e avaliou a mudança econômica do Estado. “Hoje o milho fica aqui e é transformado, tendo agora uma transformação energética, que gera empregos e renda, além de trabalho de qualidade. Mato Grosso do Sul é um celeiro de investidores e investimentos, estando a frente do seu tempo”.

 

Nova unidade

 

A Inpasa já tem um complexo industrial em Dourados, mas resolveu abrir nova unidade em Sidrolândia. A obra começou em setembro de 2023 com a construção de armazéns e tanques de fermentação.

 

Em uma área construída de 170 mil m², a primeira planta tem R$ 1,2 bilhão de investimento e já está em andamento e depois vai contar com mais R$ 1 bilhão na construção da segunda.

 

Fotos: Bruno Rezende

 

Na fase operacional são 350 empregos diretos e no pico da obra vai chegar a 2 mil. A previsão é de ter uma capacidade produtiva de 800 milhões de litros de etanol, 450 mil toneladas de DDGS, 44 mil toneladas de óleo e 400 GWH de energia elétrica (anual). A operação deve começar em outubro deste ano.

 

“Não esperávamos então pouco tempo já estarmos lançando a segunda fase da obra. Temos um carinho especial por MS, principalmente pela pujança e arrojo do poder público. Apoio pleno do município e Estado”, afirmou o vice-presidente da Inpasa, Rafael Ranzolin.

 

A prefeita de Sidrolândia, Vanda Camilo afirmou que era um dia especial para cidade. “Emocionada por presenciar o que está acontecendo em Sidrolândia, que está sendo plantado benefícios ao futuro. A prefeitura vai ajudar no que for possível”.

 

Fotos: Bruno Rezende

 

Para o secretário da Semadesc, Jaime Verruck, a empresa segue a linha estratégica definida pelo Governo para industrialização do Estado. “Faz o processamento das nossas matérias-primas e assim encaixa na nossa lógica, que é agregar valor ao produto, além de gerar energia limpa. Aqui tem carbono neutro na sua origem. Temos que agradecer a empresa por confiar no Estado”.

 

Além do governador, participaram da agenda a ministra Simone Tebet (Planejamento e Orçamento), a senadora Tereza Cristina, o deputado federal Geraldo Resende, o ex-governador Reinaldo Azambuja, além do presidente da Assembleia, o deputado Gerson Claro, o deputado estadual Márcio Fernandes e os secretários Eduardo Rocha (Casa Civil), Jaime Verruck (Semadesc) e Rodrigo Perez (Segov).

 


ATENÇÃO: confira aqui o pack imprensa com imagens de apoio, sonoras, áudios e fotos do evento

 

Leonardo Rocha, Comunicação Governo de MS

Fotos: Bruno Rezende

 

 

 

 

Fotos: Bruno Rezende

 

agenciadenoticias.ms.gov.br