Planaltina comemora 164 anos e quase R$ 60 milhões em investimentos

Com mais de R$ 9 milhões de investimento, Itapoã ganhará Escola Classe
18 de agosto de 2023
O que se sabe e o que falta saber sobre psicóloga achada morta em carro submerso no Lago Paranoá
20 de agosto de 2023
Exibir tudo

Planaltina comemora 164 anos e quase R$ 60 milhões em investimentos

Desde 2019, população foi beneficiada com obras em educação, saúde e mobilidade; comemoração foi nesse sábado (19)

 

Josiane Borges, da Agência Brasília | Edição: Carolina Lobo

 

Ainda que seja a região administrativa de número seis, Planaltina é considerada a cidade mãe do Distrito Federal, a mais antiga. Comemorando 164 anos neste sábado (19), a RA festeja anos de história, tradição, cultura, religiosidade e desenvolvimento. Desde 2019, o Governo do Distrito Federal (GDF) já investiu quase R$ 60 milhões em infraestrutura para os cerca de 200 mil moradores.

 

 

E os investimentos foram em várias áreas: saúde, educação, segurança e mobilidade. Na educação, a cidade ganhou a primeira creche rural pública do DF. A creche do Pipiripau II recebeu investimento de R$ 463.400 mil, e promove educação infantil para 30 crianças de até 2 e 3 anos de idade.

 

“Temos também a nova creche do Buritis IV que vai atender mais 180 crianças do setor, é um avanço enorme para Planaltina. E ainda na área rural tivemos a pavimentação do Núcleo Rural da Estância do Pipiripau, que vai atender mais de 5 mil famílias que moram na região, inclusive os alunos e os produtores”, destaca o administrador regional, Wesley Fonseca.

 

 

Desde 2019, o GDF já investiu quase R$ 60 milhões em infraestrutura para os cerca de 200 mil moradores | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

 

E nesse foco de aliar a mobilidade com a educação, o GDF recuperou 400 metros de asfalto e a pavimentação de mais 400 metros na VC-165. A obra, com investimento de R$ 900 mil, teve como motivação melhorar a qualidade de vida dos 360 alunos e dos 47 funcionários do Centro de Ensino Fundamental (CEF) Rio Preto, localizado no núcleo rural que leva o mesmo nome e às margens da vicinal.

 

Já na DF-128 até a pedra fundamental – ponto turístico que marca o centro do país – a Companhia Energética de Brasília (CEB Ipes) iniciou as obras para implantação de iluminação pública em mais um trecho da cidade. Serão instalados 57 novos pontos em LED e investidos R$ 420 mil. O planejamento é que nos próximos três anos todas as 10 mil luminárias convencionais da cidade sejam modernizadas.

 

Outra demanda antiga e aguardada há décadas pela população é a passarela que está sendo instalada no km 21,5, da BR-020, ao lado do Itiquira Shopping. A nova estrutura metálica garantirá a segurança de 20 mil pedestres, moradores e trabalhadores da região dos condomínios Mestre D’Armas, Itiquira e Nova Esperança. Para a obra, foi empenhado o valor de R$ 3,5 milhões para executar o serviço. “Estamos trabalhando para atender da melhor maneira possível a população e nada se compara aos benefícios diretos à população com essa passarela, que poderá circular sobre a rodovia com segurança, assim que a estrutura estiver concluída”, ressalta o administrador regional.

 

 

Saúde também é prioridade

 

O Hospital Regional de Planaltina (HRP) está sendo ampliado para atender melhor a comunidade e oferecer mais especialidades no atendimento médico. Um bloco auxiliar está sendo construído e serão disponibilizados mais 30 leitos de enfermaria adulta, 13 de internação pediátrica e nove leitos de UTI, além de nove cadeiras para diálise. Com aporte de R$ 18,3 milhões, o espaço contará também com um centro cirúrgico, postos de enfermagem, sanitários, quartos de isolamento, sala de serviços, sala de equipamentos, sala de curativos, áreas de prescrição médica, rouparia e expurgo.

 

E bem ao lado do HRP, uma nova subestação está sendo implantada para substituir a existente, o que ampliará em 50% a capacidade de abastecimento elétrico da unidade de saúde, o que dará fim a problemas de queda de energia e curtos-circuitos já registrados no local. O investimento é de R$ 1.391.802,57.

 

“Já temos uma parte dessa obra do hospital concluída, a estrutura traz para a população serviços que não tínhamos antes como os leitos para pediatria, laboratório, hemodiálise é uma grande ampliação do quadro atual. Somos uma cidade grande, mas ainda não tínhamos UTI para atendimento aos casos mais graves”, enfatiza o administrador regional.

 

Além dessa ampliação, a cidade recebeu também a reforma de oito salas de odontologia da UBS 5, no Arapoanga, e da UBS 4, na Estância, a recuperação da UBS 7, no Jardim Roriz, e a adequação da atual UBS 8, no Vale do Amanhecer. Somados os investimentos ultrapassam o valor de R$ 5 milhões.

 

Ares interioranos

 

Planaltina já era uma cidade com um século antes de a nova capital começar a ser desenhada, e mesmo com uma ampla população, a região mantém os ares de cidade do interior. A ex-professora e ex-conselheira tutelar Vera Lamounier, 66 anos, acredita que a preservação das tradições culturais pelos moradores influenciam para essa visão. “A cidade é aconchegante, conhecemos uns aos outros e a população, apesar de ter crescido não perdeu suas características. Fazemos questão que as tradições sejam preservados, que nossos filhos e netos participem das novenas, da Via Sacra, da Folia de Reis, dos desfiles. Essas tradições são uma herança para as famílias. Planaltina é minha cidade, é patrimônio, é amor”, conta a professora.

 

Vera Lamounier: “Fazemos questão que as tradições sejam preservados, que nossos filhos e netos participem das novenas, da Via Sacra, da Folia de Reis, dos desfiles”

 

 

O pioneiro da cidade, o aposentado Geraldo Melo, 82 anos, acompanhou todo o desenvolvimento da RA. “A cidade cresceu, se desenvolveu e melhorou muito com uma grande movimentação financeira. Planaltina é uma mãe que cria seus filhos sem precisar mudar a forma da cidade. Me lembro que acompanhei a festa do centenário, as pessoas que vieram construir Brasília moravam aqui. E agora temos grandes comércios e a grande parte rural que movimenta muito a região”, completa.

 

Geraldo Melo: ” Planaltina é uma mãe que cria seus filhos sem precisar mudar a forma da cidade”

 

 

Programação de aniversário

A Administração Regional de Planaltina preparou uma programação especial para o aniversário da cidade que durará todo o mês. As festividades contam com a participação do GDF Mais Perto do Cidadão, que leva os serviços dos órgãos públicos para atender a população ao lado da administração regional da cidade, no Setor Recreativo, Estacionamento do Ginásio de Múltiplas Funções.

 

O tradicional corte do bolo será realizado no local, logo após o desfile cívico e militar, que tem previsão de encerramento até as 12h.