Jornalista que morreu após queda de skate será enterrada nesta quarta

GDF vai investir R$ 60 milhões em equipamentos públicos para Água Quente
11 de julho de 2023
Marco do Saneamento: investimento no setor precisa mais que dobrar para cumprir metas de universalização, aponta estudo
12 de julho de 2023
Exibir tudo

Jornalista que morreu após queda de skate será enterrada nesta quarta

A jornalista Camila Magalhães de Holanda estava internada havia uma semana após uma queda de skate que sofreu no Parque da Cidade

 

Marcus Rodrigues

11/07/2023 16:03, atualizado 11/07/2023 17:55

 

O corpo da jornalista Camila Holanda, que morreu nessa segunda-feira (10/7), aos 29 anos, após passar uma semana internada no Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) devido a uma queda de skate que sofreu no Parque da Cidade, será enterrado na manhã desta quarta-feira (12/7), no Cemitério Campo da Esperança da Asa Sul. O velório está marcado para a partir das 8h, na Capela 5.

 

Camila trabalhava na Secretaria de Saúde desde abril de 2021. Em nota, a pasta lamentou o ocorrido. “Prestamos nossos sentimentos e solidariedade a todos os familiares e amigos de Camila neste momento tão difícil”, diz um trecho do comunicado.

 

De acordo com amigos e familiares, Camila sofreu o acidente em 2 de julho. A jornalista atingiu um bolsão de areia, que fez com que o skate travasse as rodinhas e ela acabasse caindo de cabeça no chão. A jovem não estava usando capacete no momento do acidente. O namorado dela também se encontrava no parque, praticando outro esporte com os amigos.

 

A jornalista Camila Holanda, em imagem de arquivo — Foto: Arquivo pessoal

 

Foram feitos dois testes que constataram, nessa segunda-feira (10/7), a morte cerebral de Camila.

 

A jornalista nasceu em Fortaleza (CE), era graduada e mestre pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Em Brasília, ela também trabalhou como consultora de relacionamento do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP).

 

Fonte: www.metropoles.com