GDF investe R$ 21,5 milhões na Avenida Brasil e em seis quadras do Itapoã

Caesb abre novo processo seletivo para estágio remunerado 
28 de abril de 2023
Restaurante Comunitário do Varjão vai servir até 2,4 mil refeições por dia 
29 de abril de 2023
Exibir tudo

GDF investe R$ 21,5 milhões na Avenida Brasil e em seis quadras do Itapoã

Atual gestão entregou escola e praça, duplicou a DF-250 e está construindo viaduto e rodoviária na cidade

 

Ian Ferraz, da Agência Brasília I Edição: Débora Cronemberger

 

O governador Ibaneis Rocha autorizou, nesta quarta-feira (19), o início das obras de infraestrutura das seis quadras remanescentes do Itapoã e para a ligação da Avenida Brasil à DF-001. A região vai ganhar pavimentação, drenagem e calçadas com acessibilidade, o que foi comemorado pela comunidade local.

Para tanto, o GDF vai investir R$ 21,5 milhões nos serviços, executados pela Novacap. Serão 6,7 mil metros de drenagem, 27 mil metros quadrados de calçadas com acessibilidade e 29,8 mil metros quadrados de pavimentação nas quadras 202, 203, 318, 366, 378 e 379, além da complementação da Avenida Brasil até a DF-001.

 

A Novacap vai executar serviços, na Avenida Brasil, para 6,7 mil metros de drenagem, 27 mil metros quadrados de calçadas com acessibilidade e 29,8 mil metros quadrados de pavimentação | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

 

“O Itapoã ficou abandonado durante muitos anos, e nós trouxemos e estamos trazendo o que a população tem reivindicado. Duplicamos a DF-250, estamos com a rodoviária em construção, no segundo semestre vamos lançar a Feira Permanente e também vamos voltar aqui para inaugurar a Escola Classe 203. Agora, temos essa obra das seis quadras e da ligação da Avenida Brasil com a DF-001. Vamos entregar o Itapoã completo, que vai se transformar em uma das maiores cidades do DF”, disse o governador Ibaneis Rocha.

 

Para o diretor-presidente da Novacap, Fernando Leite, as obras vão mudar, inclusive, o “eixo” da cidade, trazendo mais desenvolvimento para a região, que será contemplada com a infraestrutura. “Aqui será o centro do Itapoã, porque teremos a rodoviária e faremos a Feira Permanente e a biblioteca também. Será o ponto principal da cidade. Essas seis quadras ficaram para trás, mas nós vamos fazer a obra agora e trazer infraestrutura e urbanização. E a Avenida Brasil vai se integrar à DF-001”, detalhou Fernando Leite.

 

Quem mora na região aprova a iniciativa. É o caso do presidente da Associação de Feirantes do Itapoã, Aldair Martins de Brito. “Esperava essa obra há uns 20 anos, vai ser um alívio grande para os moradores. Os investimentos têm chegado na nossa cidade, nós estamos vendo isso e comemorando”, comentou.

 

Morador da região há 33 anos, o administrador regional do Itapoã, Raimundo Paz, comemora o início das obras. “É uma reivindicação antiga da comunidade que, com certeza, vai trazer mais desenvolvimento, mobilidade urbana e qualidade de vida. É uma intervenção importante para a região, pois a complementação da rede de drenagem nestas quadras vai melhorar o escoamento das chuvas”.

 

Investimentos na cidade

 

Desde 2019, o Itapoã ganhou uma horta comunitária, a Praça Del Lago, a Praça da Juventude, papa-lixos e 749 luminárias em LED. Neste ano, o GDF entregou a Escola Classe 502, com capacidade para 1,3 mil alunos, e está construindo a Escola Classe 203, para 1,2 mil alunos. Também duplicou a DF-250 em um trecho de 5,3 km, beneficiando mais de 30 mil motoristas diariamente.

 

Ainda estão em construção dois viadutos no entroncamento entre o Itapoã e o Paranoá, um investimento de R$ 33 milhões, e a rodoviária localizada na Quadra 203, que vai atender cerca de 65 mil moradores.

 

Já o campo de grama sintética da Quadra 02 do Condomínio Del Lago foi reformado e ganhou nova iluminação. Na Rota do Cavalo, uma ciclovia de 1,5 km transformou a paisagem.

 

 

Foto: Renato Alves/Agência Brasília