GDF entrega duplicação de trecho da DF-001 no Jardim Botânico

Ex-Jesus do Morro da Capelinha é o novo secretário de Cultura do DF
5 de julho de 2023
A demografia em Goiás. Municípios do Entorno crescem mais que Goiânia e Brasília
6 de julho de 2023
Exibir tudo

GDF entrega duplicação de trecho da DF-001 no Jardim Botânico

Obra de R$ 16 milhões reforça investimentos do governo na região administrativa, onde moram cerca de 150 mil pessoas

 

Ian Ferraz e Josiane Borges, da Agência Brasília | Edição: Carolina Lobo

 

Uma das regiões que mais crescem no DF é também uma das que mais recebem investimentos do Governo do Distrito Federal. Nesta terça-feira (4), o governador Ibaneis Rocha entregou a obra de duplicação de um trecho de 5,2 km da Estrada Parque Contorno (DF-001), na região do Jardim Botânico.

 

Na duplicação da via, que é de responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER), foram executados os serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem, sinalização horizontal e vertical, obras complementares, além de ciclovia e paisagismo.

 

O trecho pavimentado é na região que faz a ligação entre a Estrada Parque Juscelino Kubitschek (DF-027), na descida da Ponte JK, até a Estrada Parque Dom Bosco (DF-025), rodovia que margeia todo o Lago Sul | Fotos: Tony Oliveira/Agência Brasília

 

No evento, o governador Ibaneis Rocha destacou que a região saiu do esquecimento e tem recebido muitas obras de infraestrutura. “Nós tínhamos vários gargalos pela cidade como um todo e temos buscado em todas as regiões resolver esses problemas. Esse daqui era um problema antigo. Era uma avenida que tinha muitos acidentes, muitas pessoas perderam a vida aqui. A obra atende uma região muito importante dos condomínios aqui do Jardim Botânico”, disse o chefe do Executivo, ao assegurar que o local também será iluminado.

 

A pista dupla contém duas faixas de rolamento com 3,5 metros de largura em cada uma e acostamento de 2,5 metros. O trecho pavimentado é na região que faz a ligação entre a Estrada Parque Juscelino Kubitschek (DF-027), na descida da Ponte JK, até a Estrada Parque Dom Bosco (DF-025), rodovia que margeia todo o Lago Sul. Um local que abriga muitos condomínios em fase de expansão e regularização.

 

Benefícios para a comunidade

 

Com investimento de R$ 16 milhões e 80 empregos diretos gerados, a duplicação da DF-001, trecho que permeia toda região do Jardim Botânico, irá beneficiar aproximadamente 50 mil motoristas que circulam pela via e melhorar a qualidade de vida de milhares de famílias que moram nos nove condomínios e quadras da região, dando mais fluidez e segurança ao trânsito.

 

“É uma duplicação de seis quilômetros praticamente. Lembrando que a DF-001 é aquela rodovia que faz o contorno em todo o DF, tem 130 quilômetros, dos quais vários já são duplicados e agora esse trecho muito importante, de condomínios grandes que tinham essa pista simples e que causava dificuldade. É uma bela obra que salva vidas e dá fluidez ao trânsito”, observou o presidente do DER, Fauzi Nacfur Junior.

 

Síndico do Condomínio Privê Morada Sul Etapa C, Alexandre Barbosa: “É uma obra que também está ligando o Paranoá ao Jardim Botânico, São Sebastião e todos aqueles que utilizam as saídas da DF-001”

 

Para o síndico do Condomínio Privê Morada Sul Etapa C, Alexandre Barbosa, que mora na região há 18 anos, a obra impacta diretamente no dia a dia dos moradores de várias regiões próximas. “É uma obra muito importante pela facilidade que teremos para nos deslocar. No Altiplano, por exemplo, temos cerca de 20 mil pessoas que saem todos os dias para trabalhar e utilizam as saídas pelo Lago Sul ou Jardim Botânico, e a duplicação irá ajudar muito a desafogar, dando mais fluidez ao trânsito tanto nos horários de pico pela manhã e à tarde. É uma obra que também está ligando o Paranoá ao Jardim Botânico, São Sebastião e todos aqueles que utilizam as saídas da DF-001”, destacou.

 

Outro ponto importante levantado pelo morador é que, com a duplicação de toda a via, o risco de acidentes será reduzido. “Já aconteceram muitos acidentes e tem a questão nessa rodovia de muitas batidas frontais e atropelamentos. A ciclovia também trará segurança para os ciclistas e pedestres que poderão circular com mais segurança”, completou Barbosa.

 

Para a empresária Aline Barros, 32 anos, moradora do Jardim Botânico há 12 anos, as melhorias que a região tem recebido em termos de infraestrutura têm sido um diferencial no governo Ibaneis Rocha. “Já sentimos uma melhoria com a abertura de um dos trechos mais à frente. Agora, com a abertura desta nova etapa, vai melhorar ainda mais. Somos uma região relativamente nova, porém muito habitada, com bastante procura. E éramos carentes de infraestrutura. Com o novo governo, tivemos uma atenção maior, então melhorou a qualidade de vida”, comemorou.

 

Empresária Aline Barros, moradora do Condomínio Estância Quintas da Alvorada: “Éramos carentes de infraestrutura. Com o novo governo, tivemos uma atenção maior, então melhorou a qualidade de vida”

 

“Serão beneficiados, em média, 148 mil moradores aqui na nossa região. Isso sem contar os moradores do Jardim ABC que passam por aqui. O pessoal do Gama, de Santa Maria, que muitas vezes fogem do congestionamento de lá e passam por aqui. Nós temos aqui 20 mil moradores no Altiplano Leste, que ainda pega o Altiplano rural, que é do Paranoá. O Jardim Botânico hoje conecta com Minas Gerais, com Goiás e faz uma conexão com todas as cidades do DF. Aqui é simbólico: a junção entre Lago Sul, Jardim Botânico e Paranoá”, acrescentou o administrador do Jardim Botânico, Aderivaldo Cardoso.

 

Mais investimentos

 

Além da duplicação da DF-001, o governo trabalha na duplicação da DF-140, com investimento de R$ 20,4 milhões, e também recuperou a pavimentação da DF-463. Como complemento a essas obras, está em construção um viaduto na altura do balão da antiga Esaf, com recursos de R$ 33,5 milhões aproximadamente. Além dele, outros dois estão por vir, sendo um na saída de São Sebastião e outro na entrada da Ponte JK.

 

Fora essas obras, o GDF também investiu em saúde na região, com a entrega de uma unidade básica de saúde (UBS), em 2021, no Jardins Mangueiral, com aporte de R$ 2,9 milhões. Também estão em execução obras na educação, com três escolas e uma creche, que somam quase R$ 38 milhões para atender 3,87 mil alunos, do ensino infantil até o médio.

 

A gestão também construiu estacionamentos, investiu em calçadas e pontos de ônibus na Avenida do Sol, iluminação pública e em reformas no Jardim Botânico de Brasília.