DF se torna pioneiro com mulheres comandando PMDF e Corpo de Bombeiros

Estrutura é a primeira inaugurada pelo GDF em 2024; no ano passado, 22 gramados artificiais foram reformados ou construídos
12 de janeiro de 2024
Lago Norte completa 64 anos com regularizações e qualidade de vida
13 de janeiro de 2024
Exibir tudo

DF se torna pioneiro com mulheres comandando PMDF e Corpo de Bombeiros

Governadora em exercício Celina Leão empossou a coronel Ana Paula Barros Habka, nesta terça-feira (9), como comandante da Polícia Militar; CBMDF tem à frente, desde 2021, a coronel Mônica Miranda

 

Agência Brasília* I Edição: Débora Cronemberger

 

A governadora em exercício Celina Leão deu posse nesta terça-feira (9) à coronel Ana Paula Barros Habka como comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). Ela substitui o coronel Adão Teixeira de Macedo, que deixa o cargo a pedido e vai para a reserva da corporação.

 

Com nomeação publicada na edição desta terça-feira (9) no Diário Oficial do DF (DODF), o Distrito Federal passa a ser a primeira unidade da federação a ter mulheres à frente das forças militares de segurança, juntamente com a coronel Mônica Miranda, que comanda o Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) desde 2021. Ela é a primeira mulher a comandar um Corpo de Bombeiros no país.

 

A coronel Ana Paula Barros Habka assume o comando-geral da PMDF, onde ingressou em 1994 | Fotos: Divulgação/SSP-DF

 

Celina Leão destacou a competência da coronel e comemorou o pioneirismo da capital na igualdade de gênero. “É com imensa alegria que assinei a posse da coronel Ana Paula Barros Habka, que assume o comando-geral da Polícia Militar do Distrito Federal. Pela primeira vez na história do país, as forças de segurança pública terão duas comandantes das corporações militares. A nossa luta para que lideranças femininas ocupem cargos de destaque é essencial para estabelecer a igualdade de gênero dentro das forças e, assim, contribuir para a igualdade em toda a sociedade”, afirmou.

 

“Em conversa com o governador Ibaneis Rocha, acertamos a nomeação da nova comandante-geral. Um dos nossos objetivos neste ano é fortalecer o combate à violência contra a mulher e, com duas mulheres no comando das corporações, esperamos uma atenção ainda maior para o fortalecimento de ações nesta área”, apontou o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar. “Esse ineditismo aqui no DF mostra o fortalecimento da mulher na conquista de espaços de poder e esperamos, assim, inspirar outros estados”, completa.

 

A coronel Mônica Miranda comanda o Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) desde 2021

 

O ex-comandante Adão Teixeira se aposentou da corporação. “Agradeço a dedicação do coronel Adão neste período que esteve à frente dessa corporação, que é motivo de orgulho para todos nós”, parabenizou o titular da SSP-DF.

 

Currículo

 

A coronel Ana Paula ingressou na PMDF em 1994. De subcomandante da corporação, atuou como chefe do Estado Maior. Ela já esteve à frente da Companhia do Batalhão de Operações Especiais e atuou como chefe de Segurança da Vice-Governadoria da Casa Militar do DF e juíza militar na Auditoria Militar do Distrito Federal. Formada em Educação Física e bacharel em Direito, a nova comandante-geral já realizou cursos operacionais, como Cinotecnia, pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope), repressão às drogas e segurança de autoridades.