Caso Regiane: assassino matou jovem a facadas e enrolou corpo em tapete

Polícia do DF prende 21 pessoas suspeitas de furto de motocicletas
26 de abril de 2023
Caesb abre novo processo seletivo para estágio remunerado 
28 de abril de 2023
Exibir tudo

Caso Regiane: assassino matou jovem a facadas e enrolou corpo em tapete

Sérgio Alves, 42 anos, é o acusado pelo assassinato. Na delegacia, ele confessou que estuprou a jovem antes de matá-la e deu detalhes sobre como executou o crime

 

Darcianne Diogo

Postado em 27/04/2023 17:25 / atualizado em 27/04/2023 17:43

 

O corpo de Regiane da Silva, 21 anos, apresentava ferimentos causados por arma branca, segundo informado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) em coletiva de imprensa promovida na tarde desta quinta-feira (27/4). A jovem foi encontrada morta e enterrada em uma área de mata de Planaltina, na manhã desta quinta-feira (27/4).

Sérgio Alves, 42 anos, é o acusado pelo assassinato. Na delegacia, ele confessou que estuprou a jovem antes de matá-la. De acordo com os delegados à frente do caso, Thiago Oliveira e Marcelo Gaia, da 16ª Delegacia de Polícia, a estudante esteve em poder do criminoso por, pelo menos, 12 horas, antes de ser morta.

Regiane desapareceu na noite de 17 de abril. Ela saiu de bicicleta do Centro de Ensino Médio (CEM 1) de Planaltina em direção à casa. O horário do término da aula era as 22h, mas naquele dia especificamente a turma de Regiane não teve a última aula e ela acabou liberada por volta de 20h30. No momento em passava por uma ponte, no Bairro Nossa Senhora de Fátima, a vítima foi abordada por Sérgio e obrigada a entrar na mata.

Após cometer o estupro, Sérgio obrigou Regiane a caminhar com ele cerca de 6km até uma outra mata. Em depoimento, o autor disse que prometeu à garota que, se ela o obedecesse, iria liberá-la. “Outras imagens que tivemos acesso mostram ela caminhando ao lado dele. Ela o acompanhou durante toda a madrugada acreditando que seria solta posteriormente. Uma imagem mostra ele na bicicleta e ela no varão”, afirmou o delegado Thiago.

O homem disse à polícia que matou Regiane entre 8h e 9h de terça-feira (18/4), enrolou o corpo em um tapete e a enterrou. Ele alegou ainda que desferiu ao menos três facadas na jovem. Regiane estava seminua e já em estado de decomposição. A faca supostamente utilizada no crime não foi localizada.

 

Informação foi repassada em coletiva de imprensa - (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Informação foi repassada em coletiva de imprensa – (crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

 

Pode ser uma imagem de 14 pessoas e texto

Os delegados da 16ª DP de Planaltina-DF,  Thiago Oliveira e Marcelo Gaia, o vice prefeito de Planaltina de Goiás, Zezinho do Planalto, o comandante da Guarda Municipal de Planaltina de Goiás, Rosinaldo Rodrigues, policiais da Rotam e da Guarda Municipal participaram da coletiva de imprensa.  

 

Jovem desaparecida DF

 

 

 

Pode ser uma imagem de veado

 

Pode ser uma imagem de 7 pessoas e texto

 

Pode ser uma imagem de 13 pessoas, ambulância, estrada e texto

 

Pode ser uma imagem de 14 pessoas e texto

 

Pode ser uma imagem de 7 pessoas e texto que diz "POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLICIA POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLICIA POLÍCIA CIVIL POLICIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL POLÍCIA CIVIL SLÍCIA VIL LICIA POLÍCIA CIVIL POLI"

Fotos: Jornal O Diário do Planalto/Alessandro Gonçalves

 

Fonte: www.correiobraziliense.com.br