Vigilante é encontrado morto dentro de refeitório de hospital do DF

GDF investe cerca de R$ 400 milhões em concretagem de vias e corredores de ônibus
14 de junho de 2024
Prefeitura de Goiânia é alvo de operação e sete contratos são suspensos por organização criminosa e corrupção
15 de junho de 2024
Exibir tudo

Vigilante é encontrado morto dentro de refeitório de hospital do DF

Polícia Civil do Distrito Federal vai investigar a causa da morte do profissional em um dos principais hospitais da rede pública local

 

Francisco DutraCarlos CaroneMirelle Pinheiro

13/06/2024 15:09, atualizado 13/06/2024 15:09

 

Um vigilante morreu no Hospital Regional de Ceilândia (HRC), na madrugada dessa quinta-feira (13/6), por volta da meia-noite.

 

O corpo do trabalhador, de 49 anos, foi encontrado dentro do refeitório da unidade de saúde. O local foi isolado e interditado para o trabalho do Instituto Médico Legal (IML). Colegas da vítima ficaram abalados com a notícia. Todos declararam que o homem era um cidadão “tranquilo e do bem”.

 

A 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro) não descarta nenhuma linha de investigação, mas hipótese mais provável é que o vigilante tenha tirado a própria vida. A ocorrência deixou suspenso temporariamente parte do serviço prestado dentro de uma das maiores unidades de saúde públicas da capital do país.

 

O Sindicato dos Vigilantes (Sindesv-DF) lamentou a morte do profissional e informou não saber qual teria sido a motivação da tragédia.

 

Secretaria de Saúde

 

Metrópoles entrou em contato com a Secretaria de Saúde sobre o caso. Por meio de nota , a pasta informou que o vigilante fazia parte do quadro de uma empresa contratada e que “se solidariza com os parentes e amigos do trabalhador”.

 

HRC - Metrópoles