Sobradinho dá posse à nova diretoria sonhando com retorno dos dias de glória

Agro do Quadrado: Técnica inovadora amplia capacidade de produção de hortaliças no DF
16 de junho de 2024
Repavimentação da BR-319 tem viabilidade técnica e ambiental, aponta relatório do governo Lula
17 de junho de 2024
Exibir tudo

Sobradinho dá posse à nova diretoria sonhando com retorno dos dias de glória

Sobradinho dá posse à nova diretoria sonhando com retorno dos dias de glória

 

junho 16, 2024

Foto: Marcelo Gonçalo

 

Túlio Lustosa não é mais o presidente do Sobradinho Esporte Clube. O ex-volante da Seleção Brasileira e ídolo do Botafogo-RJ renunciou ao cargo após pressão dos demais dirigentes por mudanças na direção do Leão da Serra. Boa parte da fúria dos ex-diretores se deveu à sofrível campanha do Sobradinho no Campeonato Candango da Série B do ano passado, quando a equipe foi derrotada em todas as partidas, e em algumas por placares (bem) elásticos, como o 13×0 diante do Ceilandense. Túlio Lustosa foi procurado pela equipe de reportagem do DF Esportes para se manifestar sobre a sua renúncia, mas não houve resposta.

 

Em assembléia realizada na parte exterior do estádio Augustinho Lima na manhã deste domingo (16), os integrantes do clube se reuniram para dar posse ao novo presidente que assumirá o Leão da Serra nos próximos quatro anos. Inspirado no modelo do Gama, o Sobradinho também aclamou um torcedor do clube para o cargo de dirigente. Trata-se de Gildo Vianna (foto acima à esquerda), ex-membro da Torcida Organizada Raça Alvinegra, e que possui o apoio do novo Presidente de Honra do Sobradinho, o Deputado Distrital Ricardo Vale: “Na verdade nós somos um grupo, já pegamos o clube em 2010, ficamos com ele até 2018 quando fomos tricampeões de Brasília. O Túlio (Lustosa) tentou avançar no clube, mas tinha outros projetos (atualmente é Diretor de Futebol da Aparecidense-GO) e não tinha mais condições de tocar o Sobradinho. Então nos reunimos novamente e decidimos retomar o clube. Nosso primeiro trabalho é tentar voltar o Sobradinho para a primeira divisão, de onde nunca deveria ter saído, e voltar a disputar competições nacionais. É um projeto difícil, mas estamos confiantes de que dará certo” disse.

 

 

Ao lado de Fernando Santos, Ricardo Vale afirmou que foi um erro transferir o Sobradinho para Túlio Guerreiro. Apesar da expectativa de que o ex-volante desenvolvesse um trabalho de crescimento do Leão da Serra, o dirigente preferiu seguir na carreira de gestor de futebol em outras equipes, principalmente do futebol goiano: “Primeiro dizer que estou muito feliz de estar retomando o Sobradinho para os desportistas da cidade. Nós erramos quando passamos o time para o Túlio (Lustosa) a gente tinha uma expectativa muito grande, por ele ter sido um grande atleta, ter encerrado a carreira aqui no clube. Mas infelizmente não aconteceu. Por um motivo ou outro ele não priorizou o Sobradinho, chegando à aquela situação do ano passado, quando o time perdeu por doze, treze a zero. Ele sempre terceirizava o time e deixava a gente em uma situação difícil. Eu que fui uma das pessoas que repassou o clube para ele fiquei muito decepcionado. Hoje montamos uma diretoria que tem história no Sobradinho, que gosta do Sobradinho para recolocar o time no lugar que ele merece estar. Então, a partir de hoje é uma nova história, uma nova Diretoria, não será fácil, mas a gente vai trabalhar muito. A gente vai ajudar como Presidente de Honra que eu sou, a gente vai tentar já neste ano subir o clube (para a primeira divisão)”.

 

 

Foto: Marcelo Gonçalo

 

O evento contou também com a presença de pessoas históricas do clube, como o ex-zagueiro Régis e o atacante Michel. Ambos estarão fazendo parte da nova diretoria que assumirá o Sobradinho. Em entrevista ao DF Esportes, o ex-presidente e atual deputado Ricardo Vale explicou o que pretende fazer para apoiar o Leão da Serra nesta retomada do alvinegro:

 

“Não tem nada ainda, mediante a renúncia do Túlio a gente convocou essa assembleia, nomearemos os diretores e a partir de amanhã já vamos dar início ao planejamento. Eu já venho conversando com alguns empresários e com algumas pessoas para que possam nos ajudar. Já procurei gente do governo, como o Gustavo Rocha (Secretário da Casa Civil) para que possa providenciar uma limpeza neste estádio, que está completamente abandonado. A Secretaria de Esportes assumiu a gestão do estádio mas não fez nada. Não estarei aqui na linha de frente, mas vou ajudar, fazer de tudo como sempre fiz, para fazer do Sobradinho um grande clube novamente”

 

Ricardo Vale – Presidente de Honra Sobradinho EC

 

Receba as notícias no seu celular

 

Agora, você recebe todas as notícias direto no seu celular, para acompanhar tudo da palma da mão. Basta clicar neste link que você será direcionado para a nossa comunidade no WhatsApp.

 

Marcelo Goncalo

 

dfesportes.com