Quadrilha do DF movimentou R$ 200 mil com golpes em agências bancárias

Conplan aprova ampliação do Setor de Desenvolvimento Econômico de Planaltina
13 de março de 2024
Autonomia financeira e empoderamento das mulheres rurais são prioridades para a Emater-DF
14 de março de 2024
Exibir tudo

Quadrilha do DF movimentou R$ 200 mil com golpes em agências bancárias

Quadrilha do DF movimentou R$ 200 mil com golpes em agências bancárias

 

Criminosos atuavam desde 2022 na capital federal e abriam contas em agências bancárias com documentos falsos para fazer empréstimos

 

Thalita VasconcelosCarlos CaroneMirelle Pinheiro

13/03/2024 12:22, atualizado 13/03/2024 12:23

 

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, nesta terça-feira (12/3), sete pessoas suspeitas de movimentarem cerca de R$ 200 mil por meio da aplicação de golpes em agências bancárias.

 

As investigações da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho) revelaram que a quadrilha atuava desde dezembro de 2022 na capital federal. O integrantes do grupo abria contas bancárias com uso de documentos falsos para fazer empréstimos. Eles moravam em Planaltina (DF), mas cometiam os golpes em agências de diversas regiões administrativas.

 

Além de efetuarem as prisões, os policiais apreenderam documentos, celulares e uma arma de fogo. O líder do grupo, chamado de “O Chefe” pelos demais, tinha diversos registros criminais por estelionato, inclusive em Goiás.

 

As investigações continuam, a fim de verificar se a quadrilha cometia outros tipos de golpe e se tem relação com organizações criminosas de outras partes do país. Se condenados, os presos podem receber penas de quatro a 19 anos de prisão.

 

Operação 13ª DP

Divulgação/PCDF

 

www.metropoles.com/distrito-federal