Paranoá chega aos 66 anos com R$ 105 milhões investidos em infraestrutura

Governador entrega 32 casas a custo zero em Padre Bernardo
2 de novembro de 2023
Ferroviário garante título da Série D do Brasileiro de 2023; veja lista com todos os campeões
2 de novembro de 2023
Exibir tudo

Paranoá chega aos 66 anos com R$ 105 milhões investidos em infraestrutura

Avenida Paranoá, principal via da cidade, está de cara nova para beneficiar as mais de 10 mil pessoas que circulam por lá diariamente; população receberá, em breve, o Viaduto do Itapoã/Paranoá e a Escola Técnica

 

Catarina Loiola, da Agência Brasília | Edição: Igor Silveira

 

A aposentada Olivia Maria Bezerra, 70 anos, foi uma das primeiras moradoras do Paranoá. Ela mudou-se para a cidade em 1957, aos 3 anos,  com a família, que vinha de Minas Gerais. O pai arranjou um emprego na construção da Barragem do Lago Paranoá, e foi no acampamento da obra, nomeado como Vila Paranoá, que a família encontrou abrigo. Hoje, Olivia já não se imagina residindo em outra cidade e reconhece, com orgulho, o quanto a região cresceu.

 

O Paranoá ocupa uma área de 83.120,99 hectares e é lar de 69.858 pessoas | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

 

“Quando chegamos, não tinha água nem energia. Não tinha base policial, posto de saúde, escola, nada. A gente sobrevivia por meio de reza e remédio caseiro”, lembra ela, que é mãe de sete filhos, três biológicos e quatro adotivos. “Mas a vida mudou e a cidade cresceu, principalmente nos últimos anos. A cidade foi transformada. Tenho muito orgulho daqui, é onde minhas raízes estão”, completa Olivia.

 

Oficializada como região administrativa sete anos após o surgimento dos primeiros moradores, em 1964, o Paranoá ocupa uma área de 83.120,99 hectares e é lar de 69.858 pessoas, das quais 51,9% são do sexo feminino. A idade média é de 30,8 anos, e mais de 63% nasceram no próprio DF, conforme informa a Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (Pdad) de 2021. Nos últimos cinco anos, o Governo do Distrito Federal (GDF) investiu mais de R$ 105,6 milhões em melhorias na cidade, que completa 66 anos nesta quarta-feira (25).

 

Em setembro, a Avenida Paranoá foi entregue à população completamente reformada. Foram investidos cerca de R$ 20 milhões ao longo de 2,7 km, incluindo mudanças nas calçadas, estacionamentos, drenagem, ciclovia e pavimentação, atendendo pedestres, ciclistas e motoristas. Os trabalhos foram executados pela Secretaria de Obras e Infraestrutura do Distrito Federal (SODF).

 

Com aporte de cerca de R$ 33 milhões, o Viaduto do Itapoã/Paranoá beneficiará 30 mil motoristas que passam na região todos os dias

 

A avenida é o principal ponto comercial da cidade e recebe, diariamente, mais de 10 mil pessoas. As calçadas foram remodeladas para garantir a mobilidade da população, sobretudo das pessoas com deficiência (PcD). O estacionamento, por sua vez, também foi organizado e, agora, tem 844 vagas. Além disso, as praças ganharam novos bancos e lixeiras, foram criadas 44 travessias para pedestres, houve a reforma da ciclovia de 2,5 km que passa no canteiro central e o pavimento da avenida foi totalmente renovado.

 

O autônomo Gabriel Garcia, 31 anos, trabalha na Avenida Paranoá desde 2017 e exalta a vocação comercial da região. “É um dos comércios mais privilegiados do DF. Aqui tem de tudo, é bem diversificado”, afirma ele, que elogia a mudança promovida pelo GDF. “No começo, houve transtorno, como toda obra costuma ter, mas mudou para muito melhor. Antes, não tínhamos calçadas, o estacionamento era uma bagunça. E, agora, os cadeirantes podem andar tranquilos e a cidade ficou mais organizada”, avalia.

 

Mobilidade e segurança hídrica

 

Está em andamento a construção do Viaduto do Itapoã/Paranoá, que substituirá o balão de entroncamento das rodovias DF-001 e DF-015, sentido Barragem do Paranoá. Com aporte de cerca de R$ 33 milhões, o elevado beneficiará 30 mil motoristas que passam na região todos os dias, vindos das duas cidades e de outras regiões localizadas na parte norte do DF, como Sobradinho e Planaltina. A obra, executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), está em fase de escavação das trincheiras e pavimentação das alças de acesso.

 

As praças ganharam novos bancos e lixeiras, com criação de 44 travessias para pedestres

 

“Esse viaduto é um benefício imensurável para a população. Hoje, temos muitos problemas por causa do engarrafamento no cruzamento que liga Paranoá e Itapoã e dá acesso ao Paranoá Parque. A obra vai desafogar a região e trazer mais segurança para as pessoas, principalmente em horários de pico”, avalia o administrador regional do Paranoá, Wellington Santana.

 

Outras intervenções também transformam a mobilidade do Paranoá. Destaque para duplicação da rodovia DF-250, executada pelo DER-DF e entregue em novembro de 2022. A obra, um investimento de R$ 14,2 milhões, destravou o tráfego de cerca de 30 mil motoristas. O trecho duplicado tem extensão de 5,3 km e fica entre a DF-001/DF-015 e o acesso a Sobradinho dos Melos. Além de duas faixas de rolamento, a nova pista ganhou ciclofaixa, drenagem de águas pluviais e sinalização horizontal e vertical.

 

Já a pavimentação asfáltica na VC-456, executada pelo DER-DF, melhora a vida de cerca de 10 mil motoristas que trafegam pela região de Sobradinho dos Melos, Planaltina e Vale do Amanhecer em direção ao Paranoá e Itapoã. A empreitada está em andamento e atinge um trecho de cerca de 6 km, com investimento de R$ 15 milhões.

 

Na área rural, foi inaugurado o canal de irrigação do Capão Seco, em agosto deste ano. São 5,6 km de tubulação que levam água do Córrego Lamarão a 21 propriedades instaladas na região, beneficiando, diretamente, 40 produtores rurais. O sistema demandou recursos de R$ 650 mil provenientes de emenda parlamentar do ex-deputado distrital e atual administrador do Sudoeste, Octogonal e SIG, Reginaldo Sardinha.

 

Educação, lazer e desporto

 

Na área da educação, o Paranoá ganhou a segunda creche rural do DF, localizada no Núcleo Rural Jardim II. A unidade recebeu investimento de R$ 366,4 mil e tem capacidade para acolher 35 crianças com idades entre 1 e 4 anos em regime integral ou nos turnos matutino e vespertino. Além disso, está sendo construída a Escola Técnica do Paranoá, com aporte de R$ 12,3 milhões. A unidade oferecerá ensino profissional e terá 12 salas, com capacidade para 2,4 mil alunos.

 

O Paranoá Parque ganhará ainda um campo sintético, conforme anunciado pelo governador Ibaneis Rocha em setembro. O equipamento de desporto está sendo instalado na Quadra 1, conjunto 1, AE 2, e terá arquibancadas, alambrado e energia fotovoltaica para a prática esportiva. Também no residencial, em agosto de 2021, foi entregue a unidade básica de saúde (UBS) 3, com aporte de R$ 3,1 milhões. Em outubro do mesmo ano, a região ganhou uma unidade de pronto atendimento (UPA), em que foram investidos R$ 6,8 milhões.

 

Em março de 2022, foram entregues duas quadras, uma de basquete e outra de futsal, conhecidas como Quadras Franksmar. Os equipamentos receberam investimento de R$ 192 mil, recursos de emenda parlamentar do deputado Rafael Prudente. A ação beneficia cerca de cinco mil pessoas que costumam praticar atividades de lazer e competições na cidade. Além disso, atualmente, o programa RenovaDF, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do DF (Sedet), está atuando na reforma de 13 espaços da cidade.