Licença ambiental beneficia mais de 2,3 mil moradores em Sobradinho II

Pavimentação da VC-361 torna rota de motoristas do Gama mais segura
28 de novembro de 2023
Deputado Pepa (PP) é eleito presidente da Comissão de Produção Rural e Abastecimento
30 de novembro de 2023
Exibir tudo

Licença ambiental beneficia mais de 2,3 mil moradores em Sobradinho II

Assinada neste sábado (25), medida é essencial para a regularização do Vivendas Bela Vista, condomínio formado por 718 lotes residenciais. Depois da assinatura, governador Ibaneis Rocha esteve no 10º Encontro Interclubes, no Iate Clube de Brasília

 

Carolina Caraballo e Catarina Loiola, da Agência Brasília I Edição: Débora Cronemberger

 

Mais um passo dado rumo à regularização do Condomínio Vivendas Bela Vista, localizado no Setor Habitacional Grande Colorado, em Sobradinho II. O governador Ibaneis Rocha assinou, neste sábado (25), a licença ambiental do residencial que ocupa área de 100 hectares e reúne população estimada de 2.379 habitantes, distribuídos em 718 lotes.

 

Mais de 2,3 mil moradores do Condomínio Vivendas Bela Vista, em Sobradinho II, são beneficiados com a licença ambiental assinada pelo governador Ibaneis Rocha neste sábado (25) | Fotos: Joel Rodrigues/Agência Brasília

 

“Trabalhamos dentro do governo para dar celeridade às regularizações e dificilmente passa uma semana sem que a gente receba um documento de regularização de alguma área aqui em Sobradinho”, afirmou Ibaneis Rocha. “Toda vez que eu assino esses documentos, eu assino com muita alegria, com muita felicidade, porque eu sei o sofrimento de cada um dos moradores dessa região”, disse.

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) tem se empenhado em regularizar áreas residenciais em todas as regiões, dando fim aos tempos de derrubada. De 2019 para cá, foram entregues as licenças ambientais dos condomínios Entrelagos, no Itapoã, e Estância Quintas da Alvorada, no Jardim Botânico. Já o Residencial Mansões Itaipu, também no Jardim Botânico, recebeu sua licença de instalação.

 

“É muito bom ter a segurança jurídica dos nossos imóveis, poderemos deixar herança para os nossos filhos e fazer qualquer mudança dentro da legalidade e com transparência”, disse Clerton Geórgio Melo, morador do Vivendas Bela Vista

 

Mais do que oferecer segurança jurídica aos cidadãos, a legalização de condomínios residenciais são essenciais para a proteção do meio ambiente. Segundo Rôney Nemer, presidente do Brasília Ambiental, as ocupações irregulares muitas vezes pecam pela supressão equivocada de vegetação, o aterro de nascentes e a contaminação de córregos.

 

“É a licença ambiental que define os parâmetros para regularização, que identifica o que precisa ser feito para que o meio ambiente seja preservado”, explicou Rôney. “E o GDF tem trabalhado para que se possa regularizar o máximo possível dentro da questão ambiental, sempre priorizando a preservação e a proteção do meio ambiente”, completou.

 

Morador do Vivendas Bela Vista desde 2007, o aposentado Clerton Geórgio Melo, 57 anos, conta que a luta pela regularização surgiu ainda nos anos 1990 e, desde então, mobiliza toda a comunidade do residencial. “Foi muito árduo o nosso caminho para chegar aqui. Agora estamos no momento de sorrir e agradecer”, comemorou. “É muito bom ter a segurança jurídica dos nossos imóveis, poderemos deixar herança para os nossos filhos e fazer qualquer mudança dentro da legalidade e com transparência”.

 

O administrador de Sobradinho II, Diego Rodrigues Matos, ressaltou que a licença ambiental é uma grande conquista para a comunidade. “O governo está mostrando que é possível regularizar os condomínios”, observou. O gestor ainda agradeceu as diversas melhorias feitas na região administrativa. “Só posso agradecer porque, como administrador, a gente recebe as demandas dos moradores e consegue dar uma resposta positiva para eles”, afirmou.

 

Nos últimos quatro anos, o GDF entregou grandes obras na região de Sobradinho, como o Complexo Viário Governador Roriz, o Viaduto do Comper, a reforma da rodoviária, a pavimentação da DF-440, entre o Condomínio RK e a vicinal VC-263, e pavimentação de áreas de escolas rurais por meio do programa Caminho das Escolas.

 

Encontro de clubes

 

Depois de assinar a licença ambiental do Condomínio Bela Vista, Ibaneis Rocha esteve no 10º Encontro Interclubes, no Iate Clube de Brasília. A reunião, organizada pelo Sindicato de Clubes e Entidades de Classe Promotoras de Lazer e Esportes do Distrito Federal (Sinlazer), definiu o orçamento do setor para 2024.

 

“A gente tem trabalhado muito forte para dar segurança jurídica às instituições. E os clubes merecem uma atenção muito especial pelo grande trabalho social que fazem na cidade”, observou o governador do DF. “Nós avançamos muito na questão do licenciamento, na entrega de documentos. São coisas que demoram muito tempo para serem feitas”.