Governador enaltece papel do Entorno ao ser homenageado em Santo Antônio do Descoberto

Feminicídio: mulher é morta com golpes de faca pelo companheiro no DF
14 de maio de 2024
Exportações goianas atingem alta de R$ 1,3 bilhão em abril
15 de maio de 2024
Exibir tudo

Governador enaltece papel do Entorno ao ser homenageado em Santo Antônio do Descoberto

Ao receber o título de Cidadão Honorário do município nesta terça-feira (14), Ibaneis Rocha destacou investimentos próximos à região

 

Por Ian Ferraz, da Agência Brasília | Edição: Chico Neto

 

O governador Ibaneis Rocha foi homenageado com o título de Cidadão Honorário de Santo Antônio do Descoberto (GO) nesta terça-feira (14), data em que o município completa 42 anos de emancipação.

 

Durante a homenagem, em sessão solene, governador anunciou que GDF investe na infraestrutura do município goiano | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

 

A homenagem foi entregue pelo presidente da  Câmara Municipal local, vereador Vandilson Felipe dos Santos, e contou com a presença dos demais membros da Casa e de secretários e administradores do GDF, além de deputados distritais e goianos.

 

A cerimônia ocorreu durante a sessão solene em comemoração ao aniversário de emancipação política do município goiano. A proposta de homenagem ao governador partiu do vereador José Alves Pereira Filho.

 

Ao receber o título de Cidadão Honorário pelos serviços prestados ao município, o governador Ibaneis Rocha reforçou a parceria do DF com o Entorno.

 

 

“É uma cidade que nos ajuda no desenvolvimento, que faz Brasília crescer cada vez mais”, declarou. “Fizemos um processo de integração muito grande com o município a partir da criação da Região Administrativa de Água Quente e estamos investindo na região, seja nas estradas vicinais, seja na construção de novos prédios. Temos a previsão de uma UPA [unidade de pronto atendimento] para Água Quente e estamos com o projeto para a duplicação da via que liga ao DF.”

 

Santo Antônio do Descoberto é um município goiano com mais de 75 mil habitantes, distante cerca de 60 km de Brasília. Foi fundado em 1722, no auge do ciclo do ouro do Brasil Colônia. Virou um distrito de Luziânia em 1963 e emancipou-se em 14 de maio de 1982.