Goiás tem queda de até 92% na criminalidade

Um guia sobre a censura e a perseguição contra a direita no Judiciário brasileiro
20 de abril de 2024
R$ 630 milhões de investimentos que transformaram o Sol Nascente
20 de abril de 2024
Exibir tudo

Goiás tem queda de até 92% na criminalidade

Goiás tem queda de até 92% na criminalidade

 

 Publicado em 11 abril 2024

Última Atualização em 11 de abril de 2024

 

Categoria NotíciasSegurança

 

Goiás registra queda em todos os índices criminais, nos três primeiros meses do ano, em relação ao mesmo período do ano passado. É o que apontam dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO) na manhã desta quinta-feira (11/04), em Goiânia. A maior redução foi verificada no crime de roubo de carga, com 92% – foram 13 casos no primeiro trimestre de 2023 e apenas um este ano.

 

Na sequência, estão roubo de veículo, roubo a comércio e furto a transeunte, com diminuição de 34%. Os casos de roubo a transeunte caíram 33% e os de feminicídios reduziram 31%. As informações têm como fonte o Observatório de Segurança Pública do Estado e são provenientes do Registro de Atendimento Integrado (RAI), conforme diretrizes do Plano Nacional de Segurança Pública.

 

Goiás tem queda de até 92% na criminalidade em 2024 Foto Secom

Outro destaque do balanço é que 165 municípios não registraram homicídio de janeiro a março deste ano (Foto: Secom)

 

Criminalidade

 

De acordo com o governador Ronaldo Caiado, o estado tem priorizado o combate a crimes violentos, para garantir tranquilidade ao cidadão. Para ele, os números refletem a integração das forças de segurança: “Nossas polícias trabalham em conjunto. Isso acontece quando há uma política pública séria, austera. Assim temos o que mais interessa: resultado concreto e segurança para a população”, afirma.

 

O mesmo ponto é ressaltado pelo secretário de Segurança Pública, Renato Brum. “Realizamos ações preventivas por parte dos policiais militares na rua, com reforço daqueles que se formaram recentemente e daqueles que estão no estágio. Além disso, há um trabalho muito bem feito pela Polícia Judiciária, Polícia Penal e Polícia Científica dando retaguarda. E o Corpo de Bombeiros é nossa força de salvamento”, salienta.

 

Outro destaque do balanço, disponível no site da Secretaria, é que 165 municípios não registraram nenhum homicídio de janeiro a março deste ano. Também não houve nenhum caso de roubo a banco. “A polícia goiana como um todo têm cumprido sua função, dentro dos limites da lei, e a população reconhece”, complementa Caiado. Pesquisa da Genial/Quest divulgada nesta semana revela que a segurança recebe avaliação positiva de 69% dos entrevistados.

 

Ações proativas

 

No primeiro trimestre de 2024, foram cumpridos 2.258 mandados de prisão e apreensão no estado. Em ações integradas, ostensivas ou no patrulhamento de rotina, as forças de segurança recuperaram 974 veículos com registro de furto ou roubo. As polícias Civil e Militar efetuaram 7.352 prisões em flagrante. Além disso, 1.158 armas de fogo apreendidas e 1.911 foragidos recapturados. 3 toneladas de drogas foram retiradas de circulação.

 

Indicadores criminais (janeiro/março de 2024):

 

Roubo de Carga: -92%

Furto a Transeunte: -34%

Roubo em Comércio: -34%

Roubo de Veículos: -34%

Roubo a Transeunte: -33%

Feminicídio: -31%

Furto de Veículos: -27%

Homicídio Doloso: -24%

Furto em Residência: -20%

Roubo em Propriedade Rural: -20%

Furto em Comércio: -16%

Roubo em Residência: -14%

Tentativa de homicídio: -10%

Estupro: -9%

Furto em Propriedade Rural: -6%

 

Fonte: Observatório de Segurança Pública de Goiás (comparação com o período de janeiro/março de 2023)

 

Editado por Juliana Carnevalli via Secretaria da Segurança Pública – Governo de Goiás