Crise na CBF pode deixar Brasil fora da próxima Copa do Mundo

Rodovias federais têm 725 acidentes no Ano Novo; 56 pessoas morreram
2 de janeiro de 2024
Deputados denunciam Mynd, empresa que agencia perfis pró-Lula suspeitos por morte de jovem
3 de janeiro de 2024
Exibir tudo

Crise na CBF pode deixar Brasil fora da próxima Copa do Mundo

Além disso, no campo, nossa seleção perde espaço, tempo e talento. Os riscos de vexames são altos em 2024

 

BLOG DO FABIANO FARAH | Fabiano Farah

03/01/2024 – 08H35 (ATUALIZADO EM 03/01/2024 – 10H33)

 

Não tenho a menor dúvida que a seleção brasileira está, em relação ao futebol mundial, muito, mas, muito atrasada em todos os aspectos.

 

Seja no campo ou fora dele. Não sei se Ednaldo Rodrigues é vítima ou culpado por tudo isso.

 

Não sei se, quem deseja o cargo, tem boas ou más intenções.

 

O que posso falar para vocês é que a crise na Confederação Brasileira de Futebol arrebentou com nosso futebol, com nossa evolução, com o que ainda restou de carinho do torcedor pela nossa seleção.

 

Assisti atentamente a entrevista de Carlo Ancelotti após o treinador ter renovado contrato com o Real Madrid.

 

Me passou a impressão de que ele, com ou sem crise, não viria de jeito nenhum!

 

luta pelo poder sobrepôs o que mais nos interessava: uma evolução de campo e bola, tática e técnica, que nos colocaria próximos das grandes seleções europeias.

 

Em maio, Ancelotti foi muito perguntado sobre um eventual 'prazo' que a CBF havia lhe dado para obter uma resposta sobre o interesse em tê-lo na seleção. Novamente, Ancelotti não negou, mas também não confirmou qualquer possível acerto, apenas se restringiu a dizer que tem contrato com o Real Madrid

Esta crise vai nos custar muito caro.

 

Mal no início das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026, que será disputada no México, Canadá e Estados Unidos, a tendência é seguir assim!

 

Sem comando, sem rumo e com anos, no mínimo, quatro, de atraso com relação aos nossos rivais, o brasileiro está próximo de amargar os piores momentos da história da seleção brasileira.

 

Mas, que isso sirva de lição!

 

Dirigentes pensam no poder, no comando… nunca no que podem oferecer, agregar, entregar ao torcedor brasileiro.

 

desorganização de nossas competições nacionais era apenas um aviso, um alerta!

 

E muita gente se calou diante de todos estes fatos!

 

Mentalidade derrotista, ganância e arrogância!

 

CBF é e sempre foi isso!

 

Quem gosta de futebol, quem entende de futebol, quem pode agregar valores ao futebol da seleção brasileira não passará tão cedo na calçada da CBF!

 

Não é o dinheiro… é o poder! 

 

Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF

Divulgação

 

Nesse meio tempo, em junho, Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, cravou o acerto com Ancelotti. ‘Ele [Carlo Ancelotti] vai estar, pode ter certeza’, disse o cartola após entrevista coletiva de apresentação de Fernando Diniz como técnico interino da pentacampeã do mundo

 

esportes.r7.com/prisma/blog-do-fabiano-farah/crise-na-cbf-pode-deixar-brasil-fora-da-proxima-copa-do-mundo-