Com recursos de R$ 2,7 milhões, três regiões terão novos campos sintéticos

Empresas e produtores rurais impulsionados por crédito de R$ 140 milhões
2 de dezembro de 2023
Na COP 28, governador Wanderlei Barbosa assina compromisso para zerar emissões no Tocantins até 2050
3 de dezembro de 2023
Exibir tudo

Com recursos de R$ 2,7 milhões, três regiões terão novos campos sintéticos

Estudo do solo no Taguaparque marca o pontapé inicial das obras, que também serão feitas no Recanto das Emas e em Planaltina; Secretaria de Esporte e Lazer conta com parceria da Novacap

 

Agência Brasília* | Edição: Chico Neto

 

Com incentivo da Secretaria de Esporte e Lazer do DF (SEL), Taguatinga, Recanto das Emas e Planaltina vão ganhar novos campos sintéticos. O primeiro passo do novo projeto será a análise do solo, que começará em Taguatinga. A Novacap é parceira da SEL nessa empreitada. O investimento total na construção dos espaços esportivos é de aproximadamente R$ 2,7 milhões.

 

Estudo de solo no Taguaparque: projeto avança para oferecer à comunidade novos espaços esportivos | Foto: Divulgação/SEL

 

“O empenho nas construções desses campos sintéticos reflete o compromisso do Governo do Distrito Federal em promover a prática esportiva e melhorar as condições de lazer nas diferentes regiões”, afirma o secretário de Esporte e Lazer, Julio Cesar Ribeiro. O foco, ressalta ele, é oferecer à comunidade espaços adequados e modernos para o desenvolvimento do esporte.

 

A SEL fará o estudo do solo e a implantação dos módulos do campo sintético, enquanto a Novacap cuidará da implementação das bases. “Estruturar o desenvolvimento de áreas esportivas para a comunidade é fundamental, uma vez que, assim como fortalecer o esporte e o lazer, estamos falando de criar espaços de convivência comunitária para o cidadão”, avalia o presidente da Novacap, Fernando Leite.

 

A SEL também está finalizando a construção dos campos sintéticos nas regiões da Feira do Produtor, Taquari, Paranoá, São Sebastião e Samambaia. “Essa iniciativa faz parte dos investimentos do Governo do Distrito Federal e representa um avanço significativo na potencialização da infraestrutura esportiva nessas localidades”, reforça o titular da pasta.

 

*Com informações da Secretaria de Esporte e Lazer do DF