Brasil supera mil mortes por dengue em 2024

Minas entre as 10 regiões mais acolhedoras do mundo
3 de abril de 2024
Reestruturação da carreira de assistência social terá investimento de R$ 145,1 milhões
3 de abril de 2024
Exibir tudo

Brasil supera mil mortes por dengue em 2024

Segundo dados do Ministério da Saúde, o país registrou mais de 2,6 milhões de casos de dengue somente neste ano

 

Mateus Salomão

03/04/2024 16:09, atualizado 03/04/2024 17:25

 

O Brasil superou, nesta quarta-feira (3/4), a marca de mil mortes por dengue no ano. A informação consta na mais recente atualização do Painel de Monitoramento das Arboviroses, que é abastecido por dados do Ministério da Saúde.

 

Ao todo, foram 1.020 mortes por dengue apenas nos quatro primeiros meses deste ano e outros 1.531 óbitos seguem sob investigação.

 

Com o número de mortes pela doença em alta, o Brasil se aproxima do recorde de mais de duas décadas. Nesse período, o ano com o maior volume de registros foi 2023, quando foram contabilizados 1.094 óbitos por dengue.

 

Em relação ao número de casos da doença, o país soma mais de 2,6 milhões de registros em 2024. O painel indica também que o coeficiente de incidência da doença no país é de 1.315,5 casos prováveis para cada 100 mil habitantes.

 

Imagem colorida mostra tenda de atendimento para casos relacionados à dengue no Distrito Federal - Metrópoles

 

Alto volume de casos

 

O somatório de casos em 2024, segundo o Ministério da Saúde, apresenta um volume anormal em relação a uma série histórica de mais de quatro décadas.

 

De acordo com o Ministério da Saúde, o alto volume de casos tem relação com fatores como as mudanças climáticas e a circulação de mais de um sorotipo do vírus.

 

A dengue é um doença infecciosa febril aguda, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. O Ministério da Saúde estima que cerca de 75% dos focos do vetor da dengue estejam nos domicílios.

 

Confira algumas instruções da pasta para diminuir a proliferação:

 

mantenha a caixa-d’água bem fechada;

receba bem os agentes da saúde e os de endemias;

amarre bem os sacos de lixo;

coloque areia nos vasos de planta;

guarde pneus em locais cobertos;

limpe bem as calhas de casa; e

não acumule sucata e entulho.

 

www.metropoles.com/brasil