Turismo será responsável por quase 8 milhões de empregos e 7,8% do PIB do Brasil em 2023, indica WTTC

AgroBrasília 2023 alcança montante de R$ 4,8 bilhões em negócios fechados
31 de maio de 2023
Tebet, Janja, Gleisi: mulheres do governo Lula ignoram agressão a jornalista no Itamaraty
1 de junho de 2023
Exibir tudo

Turismo será responsável por quase 8 milhões de empregos e 7,8% do PIB do Brasil em 2023, indica WTTC

Gastos de estrangeiros no Brasil crescem 14,7% em abril, segundo o Banco Central. Foram deixados no país US$ 452 milhões durante o mês. No acumulado do ano, o montante chega a US$ 2.155 bilhões

 

Publicado em 30/05/2023 16h09 Atualizado em 30/05/2023 16h16

 

Até o fim do ano, as mais de 50 cadeias econômicas do turismo serão responsáveis por 7,9 milhões de empregos. Foto: Alexandre Macieira/MTur

 

Oano de 2023 deve se confirmar como um dos melhores para o turismo brasileiro. Isso porque, a previsão é de que o setor arrecade neste ano R$ 752,3 bilhões, o equivalente a 7,8% do PIB nacional. O valor vai superar em 5% o registrado no pré-pandemia (2019), quando foram registrados R$ 716,5 bilhões. Até o fim do ano, as mais de 50 cadeias econômicas também serão responsáveis por 7,9 milhões de empregos. Os dados são do Relatório de Impacto Econômico, produzido pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC).

 

O relatório ainda apontou que o total de empregos contabilizados para o setor neste ano deve superar em 2,5% o registrado no pré-pandemia. De acordo com a entidade, o setor gerou 8,1% do total de postos de trabalho do país, demonstrando a força econômica e social do turismo brasileiro. Para a presidente da WTTC, Julia Simpson, o Brasil é um dos principais países em recuperação no Turismo e com potencial para crescer ainda mais. “O setor de viagens e turismo está se recuperando, mostrando a ânsia de viajantes de todo o mundo em visitar e explorar o que este belo país tem a oferecer”, disse.

 

30052023_turismo_cristo32A.jpeg

Até o fim do ano, as mais de 50 cadeias econômicas do turismo serão responsáveis por 7,9 milhões de empregos. Foto: Alexandre Macieira/MTur

 

INVESTIMENTOS – O gasto de turistas estrangeiros no Brasil cresceu 14,7% no mês de abril, em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com os dados do Setor Externo, divulgados pelo Banco Central na última semana, foram deixados no país US$ 452 milhões. No acumulado do ano, os estrangeiros injetaram US$ 2.155 bilhões na economia do país, alta de 32,3% em relação à 2022.

 

Até março deste ano, o Brasil recebeu 2,3 milhões de turistas estrangeiros. A marca é superior à do mesmo período de 2020, último ano antes da eclosão da pandemia de Covid-19, quando o país recebeu 1,9 milhão de visitantes de outros países. O desempenho também é superior ao do primeiro trimestre de 2019, quando houve 2,2 milhões de turistas internacionais. A maior parte desses turistas veio da Argentina, totalizando 1 milhão de pessoas. Em segundo lugar ficou os Estados Unidos, com 184,3 mil, e em terceiro o Paraguai, com 151,5 mil. Os estados mais procurados foram Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina.

 

APROXIMAÇÃO – A ministra do Turismo, Daniela Carneiro, vem realizando desde o início do ano uma extensa agenda internacional, com visitas à Portugal, Espanha, Cuba e Punta Cana, com o objetivo de melhorar a imagem do Brasil no exterior e atrair mais turistas estrangeiros para o país. A ministra manteve encontros com representantes governamentais e investidores internacionais, dialogando para fortalecer e gerar mais empregos e renda para o turismo nacional.

 

Entre os acordos já celebrados, Daniela Carneiro assinou um memorando de entendimento com o governo espanhol que prevê parceria para realização de iniciativas em diferentes campos do turismo, em especial no que diz respeito aos Destinos Turísticos Inteligentes (DTI). Além disso, ela atuou junto à Organização Mundial do Turismo (OMT) para a produção de um guia detalhado de informações para atrair investimentos estrangeiros para o turismo do país. O documento trará uma série contínua de relatórios que destacam o clima atual de investimento de um país, bem como as oportunidades em seu setor de turismo.

 

“Os turistas estrangeiros estão voltando ao nosso país. E nós, no Ministério do Turismo, estamos trabalhando em prol da estruturação dos nossos destinos e na qualificação dos trabalhadores para fazermos este montante crescer cada vez mais. Estamos firmes, trabalhando para movimentar a economia, gerando emprego e renda”, disse a ministra.

 

Fonte: Ministério do Turismo