Polícia faz operação contra servidores do Detran suspeitos de fraudar bancas para carteira de motorista, no DF

Agricultura do Brasil vai ter 4 safras recordes em 2023
13 de junho de 2023
AlfaMais: Governo de Goiás anuncia as 150 escolas premiadas
14 de junho de 2023
Exibir tudo

Polícia faz operação contra servidores do Detran suspeitos de fraudar bancas para carteira de motorista, no DF

Funcionários de autoescola também estão entre alvos da investigação. Ao todo, 12 pessoas foram presas na sede do órgão em Taguatinga.

 

Por Marcelo Tobias, TV Globo

14/06/2023 07h00  Atualizado há 2 horas

 

A Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou, nesta terça-feira (13), uma operação que investiga fraudes na banca examinadora para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Segundo os policiais, a associação criminosa era formada por servidores do Departamento de Trânsito e funcionários de autoescola.

 

Durante a operação, os policiais prenderam 12 pessoas. Todos os suspeitos foram detidos na sede do Detran, em Taguatinga.

 

Os investigados foram autuados pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, associação criminosa e fraudes em certames de interesse público. O nome dos suspeitos não foi divulgado pela investigação.

 

A operação, batizada de “Timóteo 6:10“, foi conduzida pela 5ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte, com apoio do Detran. Até a última atualização desta publicação, os investigadores não deram detalhes de como o esquema funcionava.

 

Em nota, o Detran informou que acionou a polícia após tomar conhecimento de irregularidades na realizades das provas teóricas em Taguatinga. “O Detran informa ainda que, desde o início, está colaborando com as investigações e, para não prejudicar o andamento do inquérito, não passará mais informações nesse momento”, disse o órgão.

 

Fachada da 5ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte.  — Foto: TV Globo/Reprodução

Fachada da 5ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte. — Foto: TV Globo/Reprodução