GDF planeja nomear mais de 30,7 mil concursados em 2025

Nova delegacia de polícia de Sobradinho II é inaugurada
19 de maio de 2024
Operação prende suspeitos de movimentar R$ 240 milhões em contratos fraudados com prefeituras de AL
20 de maio de 2024
Exibir tudo

GDF planeja nomear mais de 30,7 mil concursados em 2025

Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para o próximo ano segue à Câmara Legislativa; cerca de 70% das nomeações previstas são para Saúde e Educação

 

Por Agência Brasília* | Edição: Carolina Caraballo

 

O Governo do Distrito Federal (GDF) vai encaminhar à Câmara Legislativa a proposta da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2025. O texto prevê a contratação de 30.786 novos servidores para o Executivo. Para isto, o GDF terá de liberar cerca de R$ 7,5 bilhões a mais para destinar à folha de pagamento.

 

Com a contratação dos novos servidores, o GDF terá de liberar cerca de R$ 7,5 bilhões a mais para custear a folha de pagamento | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

 

“O governador Ibaneis Rocha tem um compromisso com o Distrito Federal e tem demonstrado isso, ano a ano, com os investimentos que estamos fazendo nos quatro cantos da cidade”, avalia o secretário de Economia, Ney Ferraz. “E não se faz esse tipo de investimento sem contar com os servidores públicos”, complementa.

 

Cerca de 70% das nomeações previstas para 2025 serão destinadas às pastas de Educação e Saúde. Para essa última, o plano é contratar mais de 9 mil servidores em várias áreas de atuação. “Para o próximo ano, queremos chamar mais de mil médicos, 2 mil técnicos de enfermagem, 1,3 mil agentes de saúde e outros 3,8 mil para a área de gestão em saúde. Aos poucos, estamos recompondo os quadros das carreiras. Muitos deles defasados há anos”, avalia Ney Ferraz.

 

A pasta da Educação também será amplamente beneficiada com cerca de 12,1 mil novos servidores. Estão previstos 8.517 novos professores para o magistério público; 330 professores universitários; e 3.350 cargos na carreira de políticas públicas e gestão educacional. No campo da assistência social, o governo planeja nomear mais 1.125 novos servidores para a carreira pública de desenvolvimento e assistência social; além de 1.711 para a carreira socioeducativa.

 

Além das áreas prioritárias, a LDO 2025 contempla outras carreiras importantes. Serão 1.900 novos cargos de políticas públicas e gestão governamental (PPGG), 990 na carreira de polícia penal do DF, e 250 analistas de apoio à assistência judiciária, entre outras.

 

No entanto, o gestor pondera que apesar da LDO prever os novos concursos e nomeações, o cenário econômico nacional pode influenciar nas contratações. “A autorização na LDO é um dos requisitos para que ocorram as nomeações; não se pode esquecer, porém, da necessidade de adequação orçamentária, que é resultado de um conjunto de fatores, incluindo o cenário econômico e a arrecadação”, acrescenta.

 

A proposta da LDO segue para a Câmara Legislativa nesta semana, onde será debatida e apreciada nas comissões e no plenário da casa até meados de junho.

 

Palácio do Buriti, sede do governo do DF,

Confira a lista de carreiras beneficiadas e o número de cargos previstos para cada uma delas:

 

  • Políticas Públicas e Gestão Governamental – 1.900 cargos
    • Planejamento Urbano e Infraestrutura – 650 cargos
    • Carreira médica – 1.093 cargos
    • Auditoria de Controle Interno – 142 cargos
    • Gestão Fazendária – 80 cargos
    • Auditor Fiscal da Receita do Distrito Federal – 265 cargos
    • Cirurgião-Dentista – 303 cargos
    • Especialista em Saúde (20 hs) – 235 cargos
    • Enfermeiro (20h) – 250 cargos
    • Vigilância em Saúde e Atenção Comunitária – 1.350 cargos
    • Técnico em Enfermagem (20h) – 2.055 cargos
    • Gestão e Assistência Pública à Saúde – 3.802 cargos
    • Auditoria de Atividades Urbanas – 485 cargos
    • Magistério Público – 8.517 cargos
    • Políticas Públicas e Gestão Educacional – 3.350 cargos
    • Desenvolvimento e Fiscalização Agropecuária – 149 cargos
    • Polícia Penal do DF – 990 cargos
    • Desenvolvimento e Assistência Social – 1.125 cargos
    • Carreira Socioeducativa – 1.711 cargos
    • Procurador do DF – 10 cargos
    • Atividade Jurídica – 65 cargos
    • Apoio às Atividades Policiais Civis – 260 cargos
    • Atividades Complementares do Distrito Federal – 60 cargos
    • Atividades do Hemocentro – 121 cargos
    • Gestão Rodoviária – 184 cargos
    • Atividades de Trânsito – 65 cargos
    • Especialista de Trânsito – 35 cargos
    • Atividades do Meio Ambiente – 200 cargos
    • Atividades de Defesa do Consumidor – 110 cargos
    • Regulação de Serviços Públicos – 9 cargos
    • Atividades Previdenciárias – 33 cargos
    • Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde – 85 cargos
    • Apoio de Atividades de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde – 75 cargos
    • Empregos públicos Emater-DF – 40 cargos
    • Empregos públicos Metrô-DF – 172 cargos
    • Atividade em Saúde Suplementar – 50 cargos
    • Músico do DF – 40 cargos
    • Atividades Culturais – 120 cargos
    • Magistério Superior Público – 330 cargos
    • Defensor Público do DF – 20 cargos
    • Analista de Apoio à Assistência Judiciária – 250 cargos

*Com informações da Secretaria da Economia do Distrito Federal