Avenida Paranoá se transforma com calçadas acessíveis e asfalto novo

Mais 500 câmeras vão reforçar monitoramento das ruas do Distrito Federal
3 de outubro de 2023
Saiba quem são os PMs encontrados mortos em fundo do rio no Entorno
4 de outubro de 2023
Exibir tudo

Avenida Paranoá se transforma com calçadas acessíveis e asfalto novo

Foram investidos cerca de R$ 20 milhões na reurbanização da principal via comercial da cidade, entregue nesta quarta-feira (27) pelo governador Ibaneis Rocha

 

Ian Ferraz, da Agência Brasília | Edição: Vinicius Nader

 

Principal ponto comercial do Paranoá onde circulam mais de dez mil pessoas diariamente, a Avenida Paranoá foi entregue completamente reformada nesta quarta-feira (27). O local recebeu cerca de R$ 20 milhões em investimentos ao longo de 2,7 km com melhorias nas calçadas, estacionamentos, drenagem, ciclovia e pavimentação, atendendo pedestres, ciclistas e motoristas.

 

Ao falar da entrega, o governador Ibaneis Rocha destacou a qualidade da reurbanização do centro da cidade. “Essa obra coloca o Paranoá entre as cidades mais belas do Distrito Federal. Com essa requalificação, tenho certeza que qualquer um que visitar a Avenida Paranoá vai simplesmente dizer ‘que lugar lindo e que lugar gostoso para se visitar’. Sabemos que o comércio do Paranoá atende uma população muito grande do Lago Norte e de outras cidades, por isso a importância dessa obra”, disse o chefe do Executivo.

 

Ibaneis Rocha: “Essa obra coloca o Paranoá entre as cidades mais belas do Distrito Federal. Com essa requalificação, tenho certeza que qualquer um que visitar a Avenida Paranoá vai simplesmente dizer ‘que lugar lindo e que lugar gostoso para se visitar’” | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

 

Além da entrega, a agenda foi marcada pela assinatura da ordem de serviço para a construção de um campo de grama sintética no Paranoá Parque. Ibaneis Rocha ainda falou da construção do Centro Olímpico do Paranoá, com licitação encaminhada, e que o governo vai construir as feiras do Paranoá e Itapoã.

 

Uma nova avenida

 

Antes com desníveis nas calçadas, a avenida agora conta com mobilidade. Os passeios têm três metros de largura, feitos de bloquetes, eficientes para a drenagem – bem diferente de quando os pedestres disputavam espaço com os veículos. Os estacionamentos, agora com 844 vagas, também foram remodelados, deixando o espaço mais organizado.

 

A avenida agora conta com mobilidade. Os passeios têm três metros de largura, feitos de bloquetes, eficientes para a drenagem

 

Todo esse serviço foi executado pela Secretaria de Obras e Infraestrutura e entregue por etapas, destacadas pelo titular da pasta, Luciano Carvalho. “O governador tem uma bandeira muito forte de recuperarmos os principais centros urbanos do DF. Depois de 15 anos de espera, essa obra se concretizou com tudo o que estava previsto, com calçadas acessíveis, ciclovia no centro da cidade, estacionamento organizado, praça com bancos e lixeiras. Por último, fizemos a recuperação do pavimento, não foi recapeamento. É uma entrega de muita qualidade para o Paranoá”, destacou.

 

 

A principal via da cidade ganhou 44 travessias e também uma nova pavimentação. A ciclovia de 2,5 km que corta o canteiro central foi mantida e reformada, enquanto as paradas de ônibus foram alinhadas à calçada e contam com rampas e pisos podotáteis. Completa a lista de intervenções o plantio de árvores de espécies como ipê, areca, pata-de-vaca e pau-ferro.

 

Comércio mais atraente

 

O empresário Edmilton Rodrigues conta que nota a presença de moradores de outras cidades no comércio da Avenida Paranoá

 

Embora o Paranoá reúna mais de 69 mil moradores, o comércio local passa a ser uma opção agradável a pessoas de todo o DF, principalmente de cidades mais próximas, como São Sebastião, Itapoã e Jardim Botânico. Somadas, as quatro reúnem mais de 300 mil habitantes.

 

Morador do Paranoá há dois anos, o empresário Edmilton Rodrigues, 53 anos, está satisfeito com a entrega e tem notado pessoas de outras regiões administrativas indo fazer compras no comércio.

 

“No período que cheguei na cidade, ela estava no início das obras. Senti uma diferença drástica. A calçada na frente da loja era desnivelada, via pessoas tropeçando e agora mudou, virou um calçadão. Ficou muito bom. Está vindo gente de várias cidades”, elogiou.

 

Outra característica do Paranoá é que pelo menos 3/4 dos moradores priorizam a região para gastos com alimentação, higiene e limpeza; eletrodomésticos; materiais de construção ou manutenção; e serviços em geral. Os dados são da Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (Pdad) 2021 feita pelo Instituto de Pesquisa e Estatística do DF (IPEDF), antiga Codeplan, e apontam um caminho para o comércio se desenvolver ainda mais.

 

Uma dessas pessoas é a diarista Ana Claudia dos Santos, 46 anos, que mora literalmente na Avenida Paranoá, logo, está todos os dias no local. Ela também aprovou a mudança na região. “Para mim foi ótimo. De antes para agora está maravilhoso. Valeu a pena a espera pela obra”, disse.