Adriana Pivato é 1ª mulher a assumir superintendência da PRF no DF

Projeto de lei permite publicidade em contêineres de descarte de entulho
22 de junho de 2024
Uma pessoa morre e 3 ficam feridas após carro bater em caminhão no DF
23 de junho de 2024
Exibir tudo

Adriana Pivato é 1ª mulher a assumir superintendência da PRF no DF

Adriana Pivato é 1ª mulher a assumir superintendência da PRF no DF

 

Nova chefe da Polícia Rodoviária Federal no DF tomou posse nesta 6ª feira. Adriana também foi 1ª mulher a concluir Curso de Choque da PRF

 

Nathália Cardim

21/06/2024 13:54, atualizado 21/06/2024 15:13

 

A nova superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Distrito Federal tomou posse na manhã desta sexta-feira (21/6). Adriana Mancilha Pivato (foto em destaque) é a primeira mulher a assumir a chefia da corporação local.

 

A cerimônia de posse ocorreu às 10h, na sede da PRF-DF, no Setor Policial. Participaram do evento diversos servidores da polícia, além do diretor-geral, Antônio Fernando Oliveira, e do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Marcos Antonio Amaro dos Santos.

 

Em discurso, Pivato destacou que ser a primeira mulher a chefiar a PRF-DF é um marco não apenas de pioneirismo, mas para “abrir perspectivas” a outras profissionais.

 

“O fato de ser a primeira em algumas atividades demonstra meu comprometimento, minha dedicação e minha vontade de fazer as coisas acontecerem. Ser a primeira mulher a ocupar essa posição no Distrito Federal é um marco significativo. Mas o interessante não é ser a primeira, o interessante é abrir perspectivas. [A nomeação] é sobre igualdade de gênero”, declarou Adriana.

 

 

Adriana relatou que uma das prioridades da nova gestão será manter o cuidado pela segurança nas rodovias federais. “Combatendo os ilícitos criminais e auxiliando aqueles que nos procuram nas rodovias. Nossa preocupação é sempre com a segurança das pessoas. Esse é meu maior desafio e essa é minha grande missão”, afirmou.

 

A nova superintendente é policial rodoviária federal desde 2006. Nascida em Minas Gerais, Pivato se destacou na PRF pela trajetória e pelo pioneirismo em diversas ações na instituição.

 

A servidora pública iniciou a jornada na corporação no Mato Grosso prfdo Sul, onde atuou no Núcleo de Operações Especiais. Além disso, trabalhou na Universidade Corporativa da Polícia Rodoviária Federal em Santa Catarina e no Núcleo de Educação Corporativa da PRF no Ceará.

 

 

Carreira

 

A policial foi a primeira mulher da PRF a concluir o curso de Operações de Controle de Distúrbios Civis (COCD) e integrar a Força de Choque da corporação. Mais recentemente, gerenciou o Projeto Estratégico do Centro Nacional de Estudos em Segurança Viária, da Diretoria de Operações (Diop). Instrutora da corporação desde 2007, também atuou em diversos cursos como instrutora e coordenadora.

 

Também no serviço público, ela trabalhou no Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República e atuou em uma série de missões internacionais, como na 21ª Conferência das Partes (COP21), em Paris; na 68ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York; na Missão de Paz no Haiti; e na Cúpula do Brics.

 

A nova superintendente assume a corporação com desafios como a necessidade de construção e reforma de unidades operacionais da PRF; ampliação das ações de segurança viária com foco na preservação de vidas; e a intensificação das atividades de enfrentamento à criminalidade nos mais de 929,3km de rodovias federais que cortam o DF e parte do Entorno.

 

O diretor-geral da PRF aproveitou a oportunidade para elogiar Adriana. “Ela não será uma chefe, porque sempre soube ser líder. Tem excelência e dedicação no serviço e é um exemplo de bom caráter. Não tem medo de enfrentar desafios, e tenho certeza de que trará muitos avanços a nossa instituição”, destacou Antônio Fernando.

 

Foto colorida de mulher com com roupa da polícia rodoviária federal

 

www.metropoles.com