Presidente da Câmara Legislativa elenca prioridades da Casa para 2024

Deputados querem reverter corte de R$ 131 mi no orçamento da CLDF
31 de janeiro de 2024
MPF arquiva inquérito contra Anderson Torres, Ibaneis e mais 5 por atos de 8/1
1 de fevereiro de 2024
Exibir tudo

Presidente da Câmara Legislativa elenca prioridades da Casa para 2024

Presidente da Câmara Legislativa elenca prioridades da Casa para 2024

 

Publicado em 01/02/2024 11h15

 

Combate firme ao feminicídio e esforço concentrado no enfrentamento da epidemia de dengue. Estas são as duas grandes prioridades da Câmara Legislativa do Distrito Federal para este início de ano, segundo o presidente da Casa, deputado Wellington Luiz (MDB). Em entrevista à Agência CLDF nesta quinta-feira (1), dia em que a Casa retoma os trabalhos legislativos, o parlamentar traçou um panorama dos desafios que o Poder Legislativo enfrentará em 2024.

 

Prioridades

“Começamos o ano com duas grandes preocupações. A primeira é o alto número de feminicídios já em janeiro. Apesar de todos os esforços feitos em 2023 na luta contra o feminicídio, entendo que foram muito acanhados em relação a esses atos covardes que ainda atingem as mulheres. A segunda grande preocupação é a dengue. A Câmara Legislativa vai atuar para dar mais tranquilidade à população e faremos isso já no dia de hoje, votando um projeto que autoriza a contratação de agentes de vigilância sanitária para o combate à dengue, pois a situação é extremamente crítica. Além desses dois temas, também destaco o Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB), que já está em condições de ser votado”.

 

Executivo

“Esperamos uma relação respeitosa e amistosa com o Poder Executivo. No ano passado a relação foi harmoniosa e quem ganhou foi a sociedade. Os poderes são independentes, mas precisam ser harmônicos. Nós da Câmara Legislativa faremos o possível para que isso aconteça e tenho certeza de que da parte do Executivo não será diferente”.

 

Comissão de Produção Rural e Abastecimento

“A ideia é instalar a comissão já em fevereiro. Isso requer urgência, é um tema prioritário para a Câmara Legislativa. Estamos falando de uma parte da sociedade que durante muitos anos ficou esquecida. Precisamos correr contra o tempo para recuperar o que foi perdido.”

 

CPI do Feminicídio

“Precisamos saber se a CPI é realmente um instrumento eficiente para combater o feminicídio e trazer resultados dentro da expectativa da população do DF. Essa questão me preocupa muito. Não se pode criar uma comissão para que, no final, as coisas continuem como estão. Existem outros órgãos, como as forças policiais, que podem ser mais efetivos. Então, esta CPI ainda precisa ser discutida. Não é que já esteja decidido que não haverá esta CPI. Mas se houver, ela realmente precisará trazer as respostas que a sociedade espera”.

 

Câmara nas Cidades

“O projeto Câmara nas Cidades é importante porque busca aproximar a Câmara Legislativa da comunidade. Ocorre que nem sempre as pessoas conseguem participar por causa das datas e horários, portanto isso precisa ser melhor avaliado, até porque os custos são altos. Vale a pena investir esses recursos quando conseguimos alcançar a população como um todo. Por isso, apesar de fazer uma avaliação muito positiva do projeto em 2023, nós iremos repensá-lo neste ano”.

 

Agência CLDF