Morta a tiros: quem era a 33ª vítima de feminicídio no DF

Nova rodoviária amplia mobilidade no Sol Nascente a 20 mil passageiros
26 de dezembro de 2023
DF tem 196 vagas de emprego com salários de até R$ 2 mil
27 de dezembro de 2023
Exibir tudo

Morta a tiros: quem era a 33ª vítima de feminicídio no DF

Michele Carvalho Magalhães, 30, foi encontrada caída ao lado do próprio carro na madrugada desta 3ª. A PCDF investiga o caso

 

Carlos CaroneMirelle Pinheiro

26/12/2023 16:53, atualizado 26/12/2023 16:53

 

Michele Carvalho Magalhães, 30 anos, foi encontrada morta caída, de bruços, ao lado de um Fiat Mobi na madrugada desta terça-feira (26/12). Com marcas de tiros, inicialmente, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) trata a morte de Michele como o 33º feminicídio registrado na capital federal em 2023.

 

O caso ocorreu na Estância Mestre d’Armas 5, em Planaltina (DF). O carro que estava perto do corpo de Michele estava registrado no nome dela.

 

 

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) informou que, quando equipe da corporação chegou ao local do ocorrido, encontrou a vítima morta. Ela foi achada caída, de bruços, ao lado de um Fiat Mobi.

 

A Polícia Civil detalhou que, momentos antes de o socorro ser acionado, o veículo havia colidido contra o portão de uma serralheria, na rua imediatamente acima daquela em que foi achada a vítima. A 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina) apura o caso.

 

01-michele-magalhães-compressed

 

Os números por ano

 

2015 — 7 casos

2016 — 20 casos

2017 — 11 casos

2018 — 25 casos

2019 — 28 casos

2020 — 16 casos

2021 — 24 casos

2022 — 17 casos

2023 (janeiro até 26 de dezembro) — 34 casos

 

www.metropoles.com

 

Jornalismo é a coleta, investigação e análise de informações para a produção e distribuição de relatórios sobre a interação de eventos, fatos, ideias e pessoas que são notícia e que afetam a sociedade em algum grau.
Pode ser uma imagem de texto que diz "DOE POR PIX AJUDE o JORNAL o DIÁRIO DO PLANALTO CHAVE PIX 61 99602-1440 www.odiariodoplanalto.com.br Jornal ODP: CNPJ:22.725.775/0001-67 22.725.775/0001-67"

Somos um novo jeito de fazer jornalismo no Brasil. Não recebemos verba do governo federal.

Somos livre.    

 

UM MINUTO DA SUA ATENÇÃO, POR FAVOR!

 

No cenário de crescente domínio dos grandes veículos de comunicação, censura e ameaças à liberdade de expressão, O Diário do Planalto, que é um jornal digital independente, encara obstáculos significativos para sua sobrevivência no Brasil. A manutenção de um jornalismo totalmente independente, demanda recursos substanciais. Detalhes no último parágrafo.

 

Um jornalismo profissional comprometido com a fiscalização do poder público, a divulgação de notícias informativas, além de fazer frente aos grandes veículos de comunicação, com o único propósito de informar os cidadãos, torna-se alvo fácil para aqueles que buscam censurar e minar a integridade daqueles que lideram essa missão.

Em seus 7 anos de atuação, nunca foi tão desafiador para nós praticar o jornalismo independente no Brasil. Até agora, temos contado com o estímulo e o apoio de leitores que constantemente nos questionam sobre como podem apoiar nossa iniciativa e assegurar a continuidade do O Diário do Planalto.