Veja quanto cada medalhista olímpico em Tóquio receberá do COB

Motorista de 32 anos morre após capotar carro em Planaltina, no DF
8 de agosto de 2021
Caiado acaba com “indústria da multa”, em Goiás, que completa 2 anos e 7 meses sem radares móveis
9 de agosto de 2021
Exibir tudo

Veja quanto cada medalhista olímpico em Tóquio receberá do COB

Ao todo, serão distribuídos R$ 4,6 milhões em premiações


O Comitê Olímpico do Brasil (COB) informou que premiará todos seus competidores que subiram no pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A premiação varia para o nível de coletividade e da medalha conquistada.

Ao todo, serão distribuídos R$ 4,6 milhões em prêmios.

A Olimpíada de Tóquio chegou ao fim neste domingo. A delegação brasileira fez história no torneio e somou o maior número de medalhas em uma única edição (21), superando 2016, no Rio de Janeiro (19).

Os atletas brasileiros conquistaram sete ouros, seis pratas e oito bronzes. As sete vitórias nos Jogos garantiram a 12ª colocação do Brasil no ranking de medalhas de Tóquio.

 

O atleta que levou o ouro em modalidades individuais receberá R$ 250 mil. A prata renderá R$150 mil, enquanto o bronze, R$ 100 mil.

 

As competições envolvendo equipes de até seis participantes terão premiações de R$ 500 mil (ouro), R$ 300 mil (prata) e R$ 200 mil (bronze).

Para as modalidades disputadas envolvendo um grupo com sete ou mais integrantes, o prêmio será de R$ 750 mil para os campeões, R$ 450 mil para os segundos colocados e R$ 300 mil para os medalhistas de bronze.

Wander Roberto/COB

Hebert Conceição exibe a segunda medalha de ouro da história do boxe brasileiro

 

Confira os brasileiros que conquistaram medalhas em Tóquio:

Individuais:

Kelvin Hoefler –  prata no skate street (R$150 mil)

Pedro Barros – prata no skate park (R$150 mil)

Rayssa Leal – prata no skate street (R$150 mil)

Daniel Cargnin – bronze no judô até 66kg (R$ 100 mil)

Fernando Scheffe – bronze nos 200m livre na natação (R$ 100 mil)

Bruno Fratus – bronze nos 50m livre na natação (R$ 100 mil)

Ítalo Ferreira – ouro no surfe (R$ 250 mil)

Mayra Aguiar – bronze no Judô até 78 kg (R$ 100 mil)

Rebeca Andrade – prata no individual da ginástica (R$150 mil)

Rebeca Andrade – ouro no salto da ginástica (R$ 250 mil)

Alison do Santos – bronze nos 400m com barreiras (R$ 100 mil)

Thiago Braz – bronze no salto com vara (R$ 100 mil)

Abner Teixeira – bronze pesos pesados do boxe (R$ 100 mil)

Hebert Conceição – ouro peso médio do boxe (R$ 250 mil)

Bia Ferreira – prata na categoria peso leve do boxe (R$150 mil)

Ana Marcela – ouro na maratona aquática (R$ 250 mil)

Isaquias Queiroz – ouro no C1 1000m da canoagem (R$ 250 mil)

 

Grupo:

Laura Pigossi e Luisa Stefani – bronze no tênis de duplas (R$ 200 mil)

Martine Grael e Kahena Kunze – ouro na classe 49er da vela (R$ 500 mil)

 

Coletiva:

Futebol masculino – ouro (R$ 750 mil)

Vôlei feminino – prata (R$ 450 mil)

Fonte: www.mg.superesportes.com.br/