Neto suspeito de matar o avô é preso em Abadiânia, diz polícia

Com 3,3 milhões de clientes, BRB registra lucro de R$ 433 mi
17 de novembro de 2021
Onze novas estações de bicicletas compartilhadas são instaladas no DF
18 de novembro de 2021
Exibir tudo

Neto suspeito de matar o avô é preso em Abadiânia, diz polícia

Neto suspeito de matar o avô é preso em Abadiânia, diz polícia

Segundo delegado, o rapaz admitiu que deu uma facada no idoso durante discussão dentro de casa. Ele foi internado em uma clínica de recuperação para usuário de drogas com a intenção de atrapalhar a investigação.

Por Rafael Oliveira, g1 Goiás

18/11/2021 11h29  Atualizado há 3 horas

Um neto suspeito de matar o avô com uma facada foi preso pela Polícia Civil em Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal. O crime, porém, aconteceu em Goiânia em 2 de outubro e o idoso morreu três dias depois em um hospital.

O suspeito é Lucas Gomes dos Santos, preso na terça-feira (16). A divulgação da imagem e identificação foi autorizada pela lei de abuso de autoridade visando o surgimento de novas testemunhas, que possam contribuir com as investigações.

O delegado Rhaniel Almeida disse que o rapaz admitiu o assassinato do avô Pacífico Gomes dos Santos, de 74 anos, durante depoimento. Ele morava há poucos meses com o idoso por causa de dificuldades financeiras.

“O idoso, porém, não gostava quando ele chegava drogado da rua. No dia do fato, ele estava sob efeito de drogas, chegou em casa gritando e o av disse que não tolerava aquele tipo de comportamento. Ele pegou uma faca na cozinha e acertou o idoso”, explicou o delegado.

Segundo Almeida, a família internou o rapaz em uma clínica de recuperação para usuários de drogas em Abadiânia com a intenção de atrapalhar a investigação. Contudo, ele foi monitorado desde que saiu da capital e foi preso.

De acordo com a Polícia Civil, o Lucas Santos possui passagens por tráfico de drogas, receptação e furto.

Advogado foi encontrado morto em cela da Delegacia de Homicídios de Goiânia — Foto: TV Anhanguera/Reprodução

Advogado foi encontrado morto em cela da Delegacia de Homicídios de Goiânia — Foto: TV Anhanguera/Reprodução

Veja mais notícias da região no O Diário do Planalto – DF.