Mulher é encontrada morta próximo à Embaixada do Canadá

Operação cumpre mandado de busca e apreensão na casa do secretário estadual de Saúde Ismael Alexandrino, em Goiânia
26 de agosto de 2021
Fisioterapia ajuda pacientes com sequelas pós-covid
26 de agosto de 2021
Exibir tudo

Mulher é encontrada morta próximo à Embaixada do Canadá

Mulher é encontrada morta próximo à Embaixada do Canadá

A vítima, ainda não identificada, apresentava uma marca de disparo causado por arma de fogo. O caso é investigado pela 1ª Delegacia de Polícia

Darcianne Diogo

Júlia Eleutério

postado em 26/08/2021 08:10 / atualizado em 26/08/2021 11:27

Uma mulher identificada apenas como Paloma foi encontrada morta com um tiro na cabeça, por volta das 6h desta quinta-feira (26/8). O corpo da vítima está numa área descampada, entre a Embaixada do Canadá e a Via L4 Sul. Além do projétil, os policiais encontraram preservativos próximo do corpo.

 (crédito: Ed Alves/ CB/ DA Press)

(crédito: Ed Alves/ CB/ DA Press)

O caso foi denunciado à Polícia Militar por pessoas que passavam pela região. Paloma estava deitada de costas e a blusa, abaixada até o cós da calça, deixando os seios à mostra. Ela estava descalça e não havia sapatos por perto. “A vítima tem lesões de defesa nas mãos, o que é um indicativo de luta corporal. Como não havia documento com ela ou próximo do corpo, ainda não temos a identificação”, explicou o delegado-chefe da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), Marcelo Barreto.

A área ficou isolada pela Polícia Militar até a chegada dos peritos da Polícia Civil, o que ocorreu por volta das 10h. A polícia civil trabalha com a tese de homicídio. Segundo o delegado Marcelo Portela, a região é muito usada por garotas de programa. “Ela deve ter tido algum desacerto. Vamos concentrar as energias para, primeiro, tentar identificar (a vítima) e procurar saber o que aconteceu realmente”, afirmou.

Fonte: www.correiobraziliense.com.br