mulher de 29 anos é morta a tiros durante assalto no DF

Enel inaugura nova rede de alta tensão para atender nordeste goiano
21 de dezembro de 2021
Após reformar a W3 Sul, GDF mira novas obras no lado norte da avenida
21 de dezembro de 2021
Exibir tudo

mulher de 29 anos é morta a tiros durante assalto no DF

mulher de 29 anos é morta a tiros durante assalto no DF

Vítima lanchava no quiosque onde trabalhava, no Gama, quando foi abordada por criminoso, na noite desta segunda-feira (20). Crime é investigado como latrocínio.

 

Por Sthefanny Loredo e Walder Galvão, TV Globo e g1 DF

21/12/2021 09h53  Atualizado há 6 horas

 

Uma mulher de 29 anos foi morta a tiros, nesta segunda-feira (20), enquanto trabalhava em um quiosque de lanches no Gama, no Distrito Federal. A suspeita, segundo a Polícia Civil, é de que tenha ocorrido um latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

De acordo com a investigação, Natália Joaquim Boitrago estava lanchando no serviço, quando foi abordada por um homem armado. Em seguida, ele anunciou o assalto e, “sem motivo aparente”, disparou contra a mulher.

Câmeras de segurança da região filmaram o momento do crime. As imagens mostram que o suspeito se aproximou da vítima e, depois de alguns segundos, atirou contra Natália.

O vídeo mostra que são, pelo menos, dois disparos. Após ser atingida, a mulher andou poucos metros e caiu no chão. O crime ocorreu por volta das 20h, apesar do relógio da câmera de segurança marcar 22h10.

Uma testemunha contou à TV Globo que o suspeito pediu o celular da vítima e ela ficou calada. Por isso, o homem ficou nervoso e puxou o gatilho. “Ela estava sem o celular, tinha deixado carregando no trailer e sentou para comer uma batata frita. Ela ficou em choque, né, botou uma arma na frente dela e ela paralisou”, comentou.

A pessoa que viu o momento do crime disse ainda que a vítima, em momento nenhum, falou algo ou levantou a mão. “Ele só apontou a arma para o peito dela e disparou”, afirmou.

 

Socorro e prisão

Natália Joaquim Boitrago morreu durante assalto no Gama, no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

Vítima trabalhava em um quiosque de lanches no Gama, no DF — Foto: TV Globo/Reprodução

 

A mulher foi levada por testemunhas ao Hospital Regional do Gama (HRG), porém, ela não resistiu aos ferimentos e morreu. Após o crime, o suspeito fugiu em um carro.

Ainda durante a noite, policiais militares de Goiás prenderam um homem de 23 anos suspeito de ter participado do assalto. Ele estava no Entorno do DF, no mesmo tipo de automóvel no crime. O detido também estava com uma arma de fogo.

Segundo os policiais, um outro suspeito está foragido. Ele seria o autor dos disparos que vitimou a mulher.

O caso foi registrado como latrocínio na 20ª Delegacia de Polícia, no Gama. Os investigadores não divulgaram o nome do autor.

 

Foragido 

Denilson Gomes de Souza está foragido da polícia - (crédito: PCDF/Divulgação)

Denilson Gomes de Souza está foragido da polícia – (crédito: PCDF/Divulgação)

 

Veja mais notícias da região no O Diário do Planalto

O novo portal de noticias do Distrito FederalRegião Norte do DF e Entorno