Imagens fortes: homem atira 3 vezes e mata ex-parceiro de crime no DF

Homem é encontrado morto dentro de carro após tiros disparados perto de presídio no DF
13 de janeiro de 2022
Duas pessoas morrem em acidentes envolvendo caminhões no DF
15 de janeiro de 2022
Exibir tudo

Imagens fortes: homem atira 3 vezes e mata ex-parceiro de crime no DF

Imagens fortes: homem atira 3 vezes e mata ex-parceiro de crime no DF

 

A vítima teria entregado a participação do autor em outro delito, fato que levou o homem a praticar o homicídio

 

Maria Regina Mouta

Marcus Rodrigues

12/01/2022 19:22,atualizado 13/01/2022 7:15

 

Nesta quarta-feira (12/1), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu um homem, de 24 anos, acusado de matar o comparsa. Imagens de câmeras do estabelecimento onde ocorreu a execução mostram quando o criminoso se aproxima da vítima e saca uma arma de fogo realizando, em seguida, três disparos.

O crime ocorreu em 25 de novembro de 2021, por volta das 15h30, na Chácara 67, Conjunto A, Loja 01, em frente à Distribuidora Pit-Stop no Sol Nascente/DF.

Investigações comprovaram que o criminoso e a vítima já se conheciam e haviam, juntos, roubado uma loja de celulares no Shopping Popular de Ceilândia, em 26 de julho 2021. Na ocasião, a vítima teria sido presa e entregado o comparsa – responsável pelos tiros. A polícia acredita que esse foi o motivo do homicídio.

Os agentes que realizaram a prisão encontraram o suspeito no Conjunto 3 de Arniqueiras. Com ele apreenderam aproximadamente 4 kg de maconha, uma arma de airsoft e um colete balístico.

O preso foi recolhido ao cárcere do DPE e responderá, além do crime de homicídio, por tráfico de drogas.

 

 

Assalto em Ceilândia

 

Em julho de 2021, a dupla de assaltantes invadiu uma loja de eletrônicos no Shopping Popular, em Ceilândia, levando diversos produtos.

Segundo informações preliminares, os criminosos roubaram mais de R$ 50 mil em iPhones. Durante a ação, que durou menos de um minuto, uma segunda pessoa aparece no interior da loja, no entanto, não foi possível observar pelas imagens.

Dois dias depois do assalto, a PCDF prendeu três envolvidos no roubo. Os ladrões conseguiram levar 10 aparelhos celulares, sendo sete iPhones e três da marca Xiaomi, segundo a Polícia Militar. Os dois rapazes vistos na cena do crime fugiram em uma moto azul. O prejuízo foi avaliado em R$ 50 mil.

 

Fonte: www.metropoles.com

 

Veja mais notícias da região no O Diário do Planalto

O novo portal de noticias do Distrito FederalRegião Norte do DF e Entorno