Idoso esfaqueia filha da namorada e se mata em seguida, diz polícia

Após 30 anos de espera, Santa Maria ganha seu 1º terminal rodoviário
30 de julho de 2021
Homem é morto com tiro na cabeça em Sobradinho 2
2 de agosto de 2021
Exibir tudo

Idoso esfaqueia filha da namorada e se mata em seguida, diz polícia

Suspeita é que companheira do homem não quis ir a uma chácara em Campos Belos e, com isso, ele esfaqueou a filha dela. Vítima foi socorrida e está internada em hospital.

Por Vitor Santana, G1 GO

02/08/2021 11h24  Atualizado há 2 horas

Um idoso de 65 anos matou a filha da namorada, de 53 anos, e se matou em seguida, em Campos Belos, de acordo com a polícia. A principal suspeita é que a companheira do homem não quis ir com ele a uma chácara e, devido a isso, ele acabou esfaqueando a mulher. Ela foi socorrida e está internada em um hospital da cidade.

O crime aconteceu no sábado (31). O delegado Carlos Eduardo Florentino da Cruz disse que uma equipe da Polícia Militar foi chamada após receber a denúncia de que um homem tinha tentado matar uma mulher dentro de casa. Após pegarem informações no local, foram até um bar que pertencia ao namorado da mãe da vítima.

Ao chegarem ao estabelecimento, encontraram a porta aberta e o corpo do idoso caído no chão. “Quando o crime foi cometido, ele ainda era namorado da mãe da vítima. A mulher ainda está no hospital, se recuperando de uma cirurgia e estamos respeitando esse momento de recuperação, mas as informações que temos até o momento são de que o motivo foi porque a namorada não quis ir com o idoso para uma chácara e, então, ele decidiu matar a filha dela”, contou o delegado.

Como o nome da vítima não foi divulgado, o G1 não conseguiu informações sobre o estado de saúde dela.

Além do depoimento da mulher esfaqueada, a polícia ainda aguarda a conclusão de laudos periciais e de lesão corporal para a sequência dos fatos. Após a conclusão do inquérito, se for confirmado que o idoso foi realmente o autor das facadas, o caso deve ser arquivado devido à morte dele.

Foto: Reprodução/dinomarmiranda.com.br

Veja outras notícias da região no  O Diário do Planalto Goiás