Homem mata mulher a tiros em frente a Restaurante Comunitário do DF

Bola não vai parar de rolar na Rua 44A em São Sebastião
23 de abril de 2021
Jovem de 21 anos morre após capotar carro em rodovia no DF
25 de abril de 2021
Exibir tudo

Homem mata mulher a tiros em frente a Restaurante Comunitário do DF

A vítima foi identificada pelo Corpo de Bombeiros como Thatiele da Cruz Ferreira. Crime ocorreu em Sobradinho II na manhã deste sábado (24)

 

Luísa Guimarães,  Ana Karolline Rodrigues 

24/04/2021 14:46,atualizado 24/04/2021 19:3

 

Uma jovem de 25 anos foi morta a tiros na manhã deste sábado (24/4), em Sobradinho II. De acordo com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), um homem atirou quatro vezes contra a vítima e fugiu. Thatiele foi atingida por ao menos três tiros: um disparo na região da cabeça, um na região do pescoço e, por fim, outro na região do ombro.

O crime ocorreu por volta de 11h, em frente ao Restaurante Comunitário da região, na Quadra 8, Conjunto 12 do Setor Oeste. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), a vítima foi identificada como Thatiele da Cruz Ferreira. Quando o socorro chegou ao local, ela já estava morta. Ela deixa quatro filhos de seis, cinco, três e um ano. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investigará o caso por meio da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II). O crime é tratado, inicialmente, como homicídio.

 

Mulher morta no chão

Caso em investigação 

Mulher morta em Sobradinho II já havia sofrido tentativa de homicídio e antes de morrer recebeu várias ameaças de morte. Em decorrência das ameaças, ela estava sem endereço fixo. Thatiele da Cruz, 25 anos, foi assassinada neste sábado (24/4) A vítima de um possível feminicídio em Sobradinho II recebeu ameaças de morte antes de ser assassinada, segundo a família. Thatiele da Cruz Ferreira, 25 anos, foi morta a tiros na manhã deste sábado (24/4) por um homem, que fugiu em seguida.Ela também já havia sido alvejada por disparos em uma ocasião anterior.

 

Thatiele foi atingida por ao menos quatro tiros: um disparo na região da cabeça, um na região do pescoço e, por fim, outro na região do ombro.

Conforme familiares relataram à polícia, a jovem havia sido, anteriormente, testemunha de uma tentativa de homicídio. Na ocasião, Thatiele foi alvejada por disparos de arma de fogo. Seu testemunho, no entanto, desagradou aos envolvidos na ocorrência, que passaram a ameaçá-la, segundo a polícia. Em decorrência das ameaças, ela estava sem endereço fixo. Embaixo do cadáver da jovem, foram localizados fragmentos metálicos de munição de arma de fogo, sendo levados pela equipe de perícia da PCDF para confronto balísticos e demais providências.

O caso é investigado na 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II).

 

Fachada da 35ª Delegacia de Polícia