Homem e adolescente são mortos a tiros em Sobradinho, no DF

Homem espanca e mata a própria mãe com golpes de faca e martelo, no Entorno do DF
16 de maio de 2021
Adolescente de 16 anos é apreendido no DF após matar irmão com um tiro
18 de maio de 2021
Exibir tudo

Homem e adolescente são mortos a tiros em Sobradinho, no DF

Caso é investigado pela Polícia Civil; ninguém foi preso. Vítimas tinham 21 e 13 anos; outra pessoa foi baleada e levada ao hospital.

Por Walder Galvão, G1 DF

16/05/2021 09h37  Atualizado há 5 horas

A Polícia Civil investiga um duplo homicídio que ocorreu em Sobradinho, no Distrito Federal. As vítimas, um adolescente de 13 anos e um homem de 21, foram mortas a tiros na noite deste sábado (15).

 

O crime ocorreu no assentamento Doraty, localizado no Condomínio Nova Colina. Ao G1, o delegado à frente do caso, Hudson Maldonado, da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), contou que uma terceira pessoa foi atingida por disparos e levada ao hospital, onde passou por cirurgia.

“O autor dos disparos passou de carro, parou, atirou, embarcou novamente e fugiu. No veículo, estava apenas ele e o motorista. É tudo que sabemos até o momento”, informou.

De acordo com informações da Polícia Militar, o adolescente de 13 anos foi socorrido por testemunhas e levado ao Hospital Regional de Sobradinho. Entretanto, não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

A segunda vítima, de 21 anos, morreu no local do crime. A terceira pessoa atingida pelos disparos foi levada ao Hospital Regional de Sobradinho em estado grave.

Tiros atingem portão de casa em Sobradinho, no DF; duas pessoas morreram — Foto: TV Globo/Reprodução

Tiros atingem portão de casa em Sobradinho, no DF; duas pessoas morreram — Foto: TV Globo/Reprodução

 

Após o crime, peritos da Polícia Civil compareceram ao lugar. Imagens mostram pelo menos cinco marcas de tiros no portão de uma residência (veja foto acima).

Casos

Entre janeiro e abril deste ano, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), 110 pessoas morreram vítimas de homicídio no Distrito Federal. O número é 19% menor em comparação com igual período do ano passado, quando foram registradas 136 assassinatos.

Em março, ainda de acordo com a pasta, a capital registrou 13 homicídios. Esse foi o menor número para o mês dos últimos 22 anos.