Feminicídio: mulher é morta a tiros em Sobradinho; autor está foragido

Brasil ultrapassa a marca de 500 mil mortos por Covid-19
19 de junho de 2021
Jovem de 28 anos morre em acidente de moto no DF
21 de junho de 2021
Exibir tudo

Feminicídio: mulher é morta a tiros em Sobradinho; autor está foragido

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informou que o suspeito fugiu após os disparos de arma de fogo

Darcianne Diogo e Pedro Marra

Postado em 20/06/2021 20:19 / atualizado em 20/06/2021 22:24

Uma mulher de 27 anos foi morta a tiros no início da noite deste domingo (20/6) por volta das 19h, na Quadra 14, conjunto A, de Sobradinho 1. O delegado-chefe da 13ª Delegacia de Polícia, da região, Hudson Maldonado, confirmou que o autor era ex-companheiro da vítima, Osmar de Sousa Silva, 36 anos.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informou que o suspeito, sem identificação, fugiu com um Honda Civic Branco, após os cinco disparos de uma pistola calibre 380 contra a vítima. A placa do veículo é placa PAP-2097.

O Corpo de Bombeiros (CBMDF) informou que chegou ao local para atender a ocorrência, mas a vítima estava sem vida. A mulher estava separada do homem havia cerca de cinco meses, com quem teve um filho de 2 anos.

 

“O garotinho se encontra em Planaltina na casa do irmão do autor. Após os disparos de forma covarde. No momento, há informações de que o autor se encontra no mato em Sobradinho pensando se vai e entregar ou tirar a própria vida”, relata o delegado.

O investigador acrescenta que “a vítima tinha interesse em procurar a polícia e registrar ocorrência, mas mesmo assim, nunca o fez. Não há nenhuma medida protetiva, nada”, acrescenta Hudson.

Osmar de Sousa estava separado da ex-esposa há cerca de cinco meses

(crédito: Material cedido ao Correio)

Ao Correio, o delegado informou que o autor era servidor do Tribunal de Contas da União (TCU). “O autor já tinha (ocorrência por) Lei Maria da Penha, de 2016, na 6ª DP (Paranoá). Era outra mulher”, afirma Maldonado.

A Polícia Militar encontrou o carro dirigido pelo autor perto do supermercado Comper, também na Quadra. 14. Uma perícia foi solicitada para o local onde o veículo foi deixado pelo homem, que segue foragido.

Este foi o 12º feminicídio de 2021 no Distrito Federal, e quarto ocorrido em junho. O assassinato anterior também se deu em Sobradinho 1.

Nenhuma descrição de foto disponível.

(crédito: Material cedido ao Correio)

Fonte: Correio Braziliense