Com crédito extra de R$ 91 milhões, Secretaria de Cultura do DF anuncia novo edital do FAC

Polo JK ganha infraestrutura para atrair mais empresas
16 de setembro de 2021
Goiás bate recorde em abertura de empresas
16 de setembro de 2021
Exibir tudo

Com crédito extra de R$ 91 milhões, Secretaria de Cultura do DF anuncia novo edital do FAC

Com crédito extra de R$ 91 milhões, Secretaria de Cultura do DF anuncia novo edital do FAC

Valor suplementar para pasta foi aprovado pela Câmara Legislativa, na quarta-feira (15). Consulta pública para novo edital foi aberta nesta quinta (16).

Por G1 DF

16/09/2021 17h42  Atualizado há 2 horas

Após a aprovação de um repasse extra de R$ 91 milhões à Secretaria de Cultural e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec-DF), a pasta anunciou, nesta quinta-feira (16), um novo edital do Fundo de Apoio à Cultura (FAC).

A pasta abriu uma consulta pública para que a comunidade artística possa oferecer sugestões ao novo edital, chamado FAC Multicultural 2 (veja como participar abaixo). A previsão da secretaria é que o documento seja publicado na semana que vem.

A abertura do crédito suplementar à Secec-DF foi aprovada pela Câmara Legislativa do DF (CLDF), na quarta-feira (15). A medida tem o objetivo de fornecer mais linhas de apoio a artistas da capital, uma das categorias mais afetadas pela pandemia de Covid-19.

Novo edital

Segundo a Secretaria de Cultura e Economia Criativa, o edital do FAC Multicultural 2 contempla duas áreas principais: audiovisual e produção de eventos. Entre os projetos que serão financiados estão a realização de um longa-metragens, séries, feiras, mostras e festivais.

Os interessados em enviar opiniões para a elaboração do edital podem encaminhar sugestões até 20 de setembro, pelo e-mail: consulta.editaisfac@cultura.df.gov.br .

Agente da cultura fazem protesto no DF pela garantia e manutenção do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) — Foto: Luiza Garonce/G1

Agente da cultura fazem protesto no DF pela garantia e manutenção do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) — Foto: Luiza Garonce/G1