Brasil ultrapassa a marca de 500 mil mortos por Covid-19

Homem morre e seis pessoas ficam feridas em batida frontal na DF-280
19 de junho de 2021
Feminicídio: mulher é morta a tiros em Sobradinho; autor está foragido
21 de junho de 2021
Exibir tudo

Brasil ultrapassa a marca de 500 mil mortos por Covid-19

País é o segundo do mundo com o maior número de óbitos pela doença; ministro da Saúde presta solidariedade ‘aos pais, mães, amigos e parentes que perderam entes queridos’

Por Jovem Pan

 

19/06/2021 17h31 – Atualizado em 19/06/2021 17h42

 

Durante a tarde deste sábado, 19, o Brasil superou a marca de meio milhão de mortos por Covid-19. No total, de acordo com o Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass), são 500.800 óbitos causados pelo novo coronavírus desde a chegada da pandemia no país, em março de 2020. O número eleva o Brasil ao patamar da segunda nação do mundo com a maior quantidade de vítimas fatais da Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, onde morreram 601.574 cidadãos. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, usou as redes sociais para prestar sua solidariedade “aos pais, mães, amigos e parentes que perderam entes queridos” para o vírus. Além disso, ele também publicou a pasta está atuando “incansavelmente” com o objetivo de “vacinar todos os brasileiros no menor tempo possível” para “mudar este cenário que assola os brasileiros há mais de um ano”. Até esta sexta-feira, 18, 24.171.806 de pessoas foram vacinadas com duas doses de imunizante contra a Covid-19 no Brasil. A quantidade corresponde a 11,41% da população.

Nas últimas 24 horas (a partir das 18h de sexta-feira, 18), 2.301 pessoas morreram devido à Covid-19. Somado ao total, o número possibilitou ao país atingir a marca de 500 mil óbitos durante a tarde de hoje. No mesmo período, foram contabilizados 82.288 novos diagnósticos – o que elevou o total acumulado de casos para 17.833.750. O país ultrapassou 100 mil mortes pela Covid-19 em agosto de 2020. Em janeiro deste ano, o número subiu para 200 mil. Até março, 300 mil pessoas perderam suas vidas para a Covid-19 no país. No mês seguinte, em abril, os índices superaram 400 mil vítimas fatais. 

O país havia atingido a marca de 400 mil mortos em abril

Nossos sentimentos em todas as pessoas que perdeu um parente

Foto: Altemar Alcantara / Prefeitura Manaus