Acidente na DF 415 em Brazlândia deixa quatro feridos e um óbito

Cinco pessoas são executadas na fronteira entre Brasil e Paraguai; vereador e filha de governador paraguaio estão entre as vítimas
10 de outubro de 2021
Servidor da UnB é preso após atropelar ciclista em Planaltina. Vítima morreu no hospital
11 de outubro de 2021
Exibir tudo

Acidente na DF 415 em Brazlândia deixa quatro feridos e um óbito

Acidente na DF 415 em Brazlândia deixa quatro feridos e um óbito

Na madrugada deste domingo (10), um carro de passeio colidiu contra uma estrutura de concreto em uma estrada de terra da ponte da DF 415, próximo a Escola Bucanhão

 

Por Redação Jornal de Brasília10/10/2021 8h17

 

Na madrugada deste domingo (10), um carro de passeio colidiu contra uma estrutura de concreto em uma estrada de terra da ponte da DF 415, próximo a Escola Bucanhãona em Brazlândia. O acidente deixou quatro pessoas feridas e um óbito no local.

Dentro do veículo havia dois adultos e três menores de idade. O condutor, de idade não informada, apresentava escoriações na cabeça e se encontrava muito abalado. Estava consciente, orientado e estável. Foi transportado por uma abulância do SAMU para uma unidade médica desconhecida.

Patrícia, de 24 anos, foi encontrada pelos socorristas deitada fora do veículo. Apresentava escoriações nos membros inferiores e dor na região abdominal. Estava consciente, orientada e estável e foi transportada para o Hospital Regional da Ceilândia.

Um dos menores de idade, de apenas um ano, estava no colo da sua mãe e fora do veículo. Apresentava um corte na parte da frente da cabeça, mas estava consciente. A criança foi encaminhada para o Hospital Regional de Brazlândia.

Outra menor, de seis anos, queixava-se de dores no abdômen. Ela foi transportada para o hospital. Infelizmente, o menor de 5 anos foi encontrado no banco traseiro do veículo já sem sinais vitais.

Ainda não há informações sobre o que provocou o acidente. Após desmobilização do CBMDF o local ficou aos cuidados da PMDF e a Polícia Civil foi acionada.

Foto: divulgação/CBMDF